maratona

Maratona: para que tempo deverei correr?

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 16, 2018  /   Publicado em Notícias
Tempo de Leitura: 2 minutos

Maratona: para que tempo deverei correr?“Para quanto vais?” é uma frase comum entre atletas de pelotão. Se os mais experimentados saberão o ritmo a adoptar tendo como objectivo apenas finalizar a prova ou atingir determinado tempo, já os estreantes não saberão muito bem qual a velocidade a impor e dizer à família a que horas cortarão a meta ou chegarão a casa. Ler Mais

Maratona de Luxemburgo – Crónica

Autor: Vitor Dias  /   Maio 15, 2018  /   Publicado em Crónicas, Notícias
Tempo de Leitura: 3 minutos

Maratona de Luxemburgo - CrónicaHá muito tempo que andava “de olho” nesta maratona. Esta realizava-se sempre no último fim de semana de Maio, o que impossibilitava a minha ida, mas este ano mudou a data e eu não hesitei. Fui até ao pequeno país, que de pequeno só tem mesmo o tamanho.

Ler Mais

A barreira dos 30 kms da maratona

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 30, 2017  /   Publicado em Notícias, Slider
Tempo de Leitura: 3 minutos

A barreira dos 30 kms da maratona

A importância de se ingerir líquidos regularmente, tanto durante os treinos como nas competições.

Nas provas de longas distâncias como a Maratona, é muito comum encontrarmos atletas que, durante boa parte do percurso correm com viva satisfação. Parece que não sentem o calor, as passadas são seguras, o ritmo é constante mas, repentinamente, quase que sem explicação os braços tornam-se pesados e as pernas movem-se com dificuldade; a musculatura contrai-se dolorosamente, o ritmo diminui drasticamente e cada passo a mais transforma-se num suplício. Ler Mais

Rosa Mota e um recorde com 32 anos

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 21, 2017  /   Publicado em Notícias, Slider
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Rosa Mota e um recorde com 32 anosFez ontem 32 anos que Rosa Mota fixou na maratona de Chicago a marca nacional que muitos consideram “imbatível”.

Naquele dia, Rosa Mota não ganhou. Mas conseguiu uma marca imbatível, ainda hoje parte da história do atletismo português: correu a Maratona de Chicago de 1985 em 2:23.29 horas, recorde nacional da distância.

O registo continua por bater, 32 anos depois. Este é o mais antigo recorde nacional e o único que ainda data da década de 1980, numa distância olímpica. Foi batido a 20 de outubro, mas é impossível não o lembrar hoje, pois este fim de semana decorrerá a edição de 2017 da Maratona de Chicago.

Então, Rosa Mota aproveitou o percurso e as condições climatéricas ideais para escrever mais um capítulo na sua lenda: bateu pela sétima vez o melhor tempo nacional da maratona, que detinha desde 12 de setembro de 1982 (quando ganhou, na estreia na distância, a prova dos Europeus de Atenas, com 2:36.03), e ficou em 3.º lugar na corrida norte-americana.

Trinta e dois anos depois, o registo de Chicago (onde Rosa Mota fixara, em 1984, o anterior máximo nacional, 2:26.01) permanece inalcançado.

Apesar dos seus 59 anos, é ainda hoje um prazer ver Rosa Mota a correr na marginal portuense, sempre com e um ar feliz e uma palavra motivadora para quem por ela passa.

Foto e texto (adaptado): Diário de Notícias (2015)

Plano de treino para a maratona

Autor: Vitor Dias  /   Agosto 02, 2017  /   Publicado em Notícias, Slider, Treino
Tempo de Leitura: 3 minutos

Plano de treino para a maratonaApesar das férias estarem à porta ou já a decorrer, esta é a altura do ano em que não podemos dar férias às sapatilhas pois as maratonas de inverno estão a apenas algumas semanas de distância.

Já testei vários planos de treino para a maratona, tendo para a última delas (Genéve) testado e executado o plano de treinos online My Asics.

Ler Mais

Maratona de Atenas – Crónica

Autor: Vitor Dias  /   Novembro 16, 2016  /   Publicado em Crónicas, Notícias, Slider
Tempo de Leitura: 4 minutos
atenas_estadio

Foto: Ana Maria Freitas

Se correr uma maratona é o sonho de muitos corredores, correr no local onde ela nasceu é um sonho especial. É desse sonho que vos falo no relato da minha experiência na Maratona de Atenas 2016, “a autêntica” como refere a organização da prova. O objectivo desta crónica, como todas as outras que já fizemos, é deixar dicas a quem queira no futuro apontar baterias para a capital grega.

Ler Mais