Vertical Sense Ride 4 Challenge / 24 horas

Autor: Vitor Dias  /   Abril 28, 2021  /   Publicado em noticias

Vertical Sense Ride 4 Challenge / 24 horasDo Alvoco da Serra à Torre, na Serra da Estrela, há um trilho mítico que em 3.700 metros sobe 1 km vertical. O Armando Teixeira estará 24 horas a subir e descer este km vertical para estabelecer a distância mais rápida conhecida do percurso, em 24 horas. Tal desafio serve para chamar à atenção do perigo que este ecossistema corre e da sua desertificação.

Ler Mais

A culpa é do árbitro

Autor: António Pinheiro  /   Abril 27, 2021  /   Publicado em Passa-se isto assim assim

A culpa é do árbitroJá se sabe… no futebol, quando a coisa corre mal, a culpa é do árbitro. É mais fácil culpar o homem do apito do que assumir que a estratégia para o jogo correu mal, ou que o craque por quem pagamos uns bons milhões de euros, afinal, não é assim tão craque. Ou, simplesmente, que o adversário foi melhor.

Ler Mais

O inimigo interior

Autor: António Pinheiro  /   Abril 19, 2021  /   Publicado em noticias

O inimigo interiorAcordou cedo, como em qualquer Domingo em que vá correr. Gosta de correr cedo, para chegar a casa cedo. O sol espreitava pelas frinchas das janelas.

Ler Mais

Seleção Nacional de Trail vai levar 16 atletas ao mundial

Autor: Vitor Dias  /   Abril 16, 2021  /   Publicado em noticias

Seleção Nacional de Trail vai levar 16 atletas ao mundialHélio Fumo, Dário Moitoso e André Rodrigues já estão apurados nos homens, bem como Marisa Vieira, Inês Marques e Mariana Machado nas mulheres. Os critérios de seleção e integração foram hoje divulgados pela Associação Portuguesa de Trail Running e pela Federação Portuguesa de Atletismo. O Mundial realiza-se de 11 a 14 de novembro na Tailândia.

Ler Mais

O Pascácio que não gosta de praia

Autor: António Pinheiro  /   Abril 08, 2021  /   Publicado em Passa-se isto assim assim

O Pascácio que não gosta de praiaÉ frequente as pessoas ficarem chocadas com o que digo. Confesso que, às vezes, faço de propósito. Fosse eu um intelectual de esquerda, óculos de massa, cachimbo na mão, olhar no infinito e seria um agente provocador, um agitador de massas, uma mente inconformada. Mas, como sou o António Carlos, ligeiramente descaído para a direita, óculos de sol, telemóvel na mão, olhar de pascácio, sou apenas um “mete nojo”.

Ler Mais

X