Fugir com o cu à seringa

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 26, 2020  /   Publicado em Passa-se isto assim assim
Tags: deputados, orçamento de estado, política

Stayaway Covid - sem códigos a app não serve para nadaÉ assim que o povo diz e é assim que os nossos deputados na Assembleia da República fazem.

Durante as campanhas eleitorais, eles não se cansam de apelar ao voto, que devemos votar, que é através dele que nos devemos expressar. Até aqui estou de acordo, devemos sempre votar, nem que seja em branco que é a forma de dizermos que nenhum deles nos agrada.

Mas então aqueles que nos pedem o voto e que não recorramos à abstenção, na hora de votar o orçamento de estado, nem são a favor nem são contra e fogem com o rabo à seringa?

O orçamento de estado vai ser aprovado com uma boa parte dos deputados a “borrifarem-se” para o dito.  Não os têm no sítio para serem a favor ou contra o mesmo ou abanam a cabeça quando o cordel é puxado pelo partido alengando a solidariedade parlamentar. Uma treta.

Adivinho mais abstenção nas próximas eleições e as mesmas desculpas por parte dos mesmos, que o povo não quer saber, porque esteve a chover ou então que esteva um belo dia de praia.

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Polipromotion

Comentários encerrados.

X