Quénia proibe atletas de saírem do país para competirem em provas

Autor: Vitor Dias  /   Março 11, 2020  /   Publicado em Notícias
Tags: Benard Ngeno, coronavirus, covid19, Eliud Kipchoge, Joyciline Jepkosgei, Kenenisa Bekele
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Quénia proibe atletas de saírem do país para competirem em provasAlguns dos melhores corredores do mundo poderão não participar em importantes competições como a maratona de Boston e Londres.

A proibição será até ao dia 9 de Abril mas se esta for estendida, poderá mudar drasticamente a maratona de Boston, onde os atletas Edna Kiplagat, Lawrence Cherono e Geoffry Kirui devem participar a 20 de abril, assim como na Maratona de Londres a 26 de abril, onde o queniano Eliud Kipchoge enfrentará a etíope Kenenisa Bekele.

Na passada segunda-feira, 9 de março de 2020, os serviços do governo queniano enviaram uma carta aos presidentes de todas as organizações desportivas do país para informá-los de que os seus atletas não podiam viajar para competições internacionais devido à propagação do Covid19.

Fonte: Runners World

Leia também ...  Manter o foco no treino e na vida durante a pandemia (Parte I)

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Vila do Conde Outlet Fashion

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*