Golden Trail National Series

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 29, 2018  /   Publicado em Notícias  /   Sem Comentários

Golden Trail National SeriesA Salomon cria um circuito formado por 5 das provas mais especiais que se celebram em Espanha e Portugal com o objetivo de reunir os melhores atletas nacionais. O Louzan Trail (29km), a Maratón del Meridiano (42km), o Trail Cap de Creus (24km), Zegama Aizkorri (42km) e a Sky Pirineu (36km): cinco corridas, um grande final. O circuito partilha a filosofia das Golden Trail Series que este ano tiveram a sua primeira edição com a vitória de Stian Angermund e Ruth Croft.

Na sua primeira edição, as Golden Trail Series reuniram os melhores atletas do mundo de corrida de montanha em cinco provas únicas e uma grande final celebrada na África do Sul. Agora a Salomon quer replicar o mesmo modelo em Espanha e Portugal, com as Golden Trail National Series 2019. Um circuito formado por 5 das corridas de montanha mais especiais que se celebram entre Espanha e Portugal com distâncias entre os 20 e os 42 km, com os melhores atletas nacionais e fiéis à filosofia Golden Trail.

CALENDÁRIO – GOLDEN TRAIL NATIONAL SERIES

27 Janeiro. Louzan Trail (29km, 2330m D+). Portugal. Incursão na história.
2 Fevereiro. Maratón del Meridiano (42km, 2600m D+). Espanha. No fim do mundo.
7 de Abril. Trail Cap de Creus (24km, 1200m D+). Espanha. Um paraíso entre o céu e o mar
2 de Junho. Zegama Aizkorri Maratoia (42km, 2700m D+). Espanha. Uma atmosfera única.
5 de Outubro. Grande Final: Sky Pirineu (36km, 2800m D+). Espanha. Alta montanha em estado puro.

Assim o circuito arrancará a 27 de Janeiro em Portugal, com o Louzan Trail (29km, 2330m D+), uma prova que através de caminhos rurais, entre as famosas Aldeias do Xisto, por vales e zonas de montanha, se descobre a história da Serra da Lousã, no coração de Portugal.
A escolha do Louzã Trail para abrir este circuito não foi por acaso, já que esta prova não é desconhecida para a Salomon. “ Na verdade, não só a marca tem seguido com interesse as edições anteriores da prova, como os seus atletas conhecem bem o potencial da Serra da Lousã, sendo habitual para eles treinar nesses trilhos.
A filosofia por detrás do trail running implica uma conexão profunda do atleta com o meio envolvente. Correr nos trilhos da Serra da Lousã permite a catarse do atleta, o seu regresso às origens e uma ligação à história natural do nosso país. Afinal, os trilhos que ligam as Aldeias do Xisto, agora recuperados para a prática da modalidade, foram durante centenas de anos percorridos pelos habitantes da serra.” Explica José Guimarães da Salomon/Suunto Portugal.

Depois de celebrado o Louzã Trail, o calendário leva-nos até à ilha mais pequena do arquipélago Canário, El Hierro, e o ponto mais a sul da Europa, com a Maratón del Meridiano (42km, 2600m D+). Em Abril os corredores poderão desfutar do Trail Cap de Creus (24km, 1200m D+), entre o céu e o mar, vão desafiar os altíssimos picos da costa e descobrirão a beleza do Parque Ntaural. A atmosfera única de Zegama Aizkorri (42km, 2700m D+) acolhe os atletas a 2 de Junho com o seu clima, a sua lama, o seu carisma…e todos os ingredientes que a tornam única. Depois destas quatro provas a final Golden Trail National Series será vivida na nova Sky Pirineu (36km, 2800m D+), uma corrida de puro sky running cujo seu traçado passa por alguns dos lugares mais emblemáticos do Parque Natural del Cadí Moixeró.

Um circuito, um ranking final

Notícia Relacionada...  Salomon Crossmax

Realizadas os 4 primeiros encontros, os 5 primeros classificados masculinos e femininos serão convidados a correr a Grande Final das GTNS, que se celebrará em Bagà, com a Sky Pirineu. Em cada uma das 5 provas que formam parte do circuito, incluíndo a grande final, será atribuída uma pontuação aos participantes, partindo dos 100 pontos para o primeiro até aos 2 para o corredor classificado na 30.ª posição.

Além disso os vencedores feminino e masculino serão convidados a desfrutar no próximo ano de várias provas das Golden Trail Series Internacionais. Para te candidatares à vitória e formares parte do ranking final do circuito, é obrigatório participares em 3 provas, sendo uma delas a Sky Pirineu, a Grande Final das GTNS.

Prozis 10% CORRERPORPRAZER

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2019 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.