Rosa Mota e um recorde com 32 anos

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 21, 2017  /   Publicado em Notícias, Slider
Tags: maratona, recorde português da maratona, rosa mota

Rosa Mota e um recorde com 32 anosFez ontem 32 anos que Rosa Mota fixou na maratona de Chicago a marca nacional que muitos consideram “imbatível”.

Naquele dia, Rosa Mota não ganhou. Mas conseguiu uma marca imbatível, ainda hoje parte da história do atletismo português: correu a Maratona de Chicago de 1985 em 2:23.29 horas, recorde nacional da distância.

O registo continua por bater, 32 anos depois. Este é o mais antigo recorde nacional e o único que ainda data da década de 1980, numa distância olímpica. Foi batido a 20 de outubro, mas é impossível não o lembrar hoje, pois este fim de semana decorrerá a edição de 2017 da Maratona de Chicago.

Então, Rosa Mota aproveitou o percurso e as condições climatéricas ideais para escrever mais um capítulo na sua lenda: bateu pela sétima vez o melhor tempo nacional da maratona, que detinha desde 12 de setembro de 1982 (quando ganhou, na estreia na distância, a prova dos Europeus de Atenas, com 2:36.03), e ficou em 3.º lugar na corrida norte-americana.

Trinta e dois anos depois, o registo de Chicago (onde Rosa Mota fixara, em 1984, o anterior máximo nacional, 2:26.01) permanece inalcançado.

Apesar dos seus 59 anos, é ainda hoje um prazer ver Rosa Mota a correr na marginal portuense, sempre com e um ar feliz e uma palavra motivadora para quem por ela passa.

Foto e texto (adaptado): Diário de Notícias (2015)

Leia também ...  24ª Maratona Seaside de Lisboa 2009

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Polipromotion

One Comment

    X