Azores Trail Run 2017 – a ilha fervilha

Autor: Vitor Dias  /   Junho 02, 2017  /   Publicado em Crónicas, Notícias, Slider  /   Sem Comentários

Azores Trail Run - a ilha fervilha“Bom dia. Eu sou o Arlindo e vamos ter muito tempo para conversar”. Assim começou a prova e uma longa conversa de 10h48m. O Sr. Arlindo, ex-médico aposentado, 72 anos feitos, veio de Lisboa e apresentou-se pela segunda vez na linha de partida na freguesia da Ribeirinha para cumprir os 48 km destinados ao Faial Costa Costa. Fê-lo há 2 anos, apaixonou-se pela ilha e pela prova. Quem não se apaixona?

Falamos de tudo e de nada. Tivemos momentos de alguns apuros mas a boa disposição esteve sempre presente. O trabalho de um atleta vassoura é sempre uma incógnita. Tudo depende de quem se apanha da retaguarda de pelotão. Agora um atleta, daqui a pouco outro. Nesta prova isso não aconteceu. Fomos eu e o Sr. Arlindo e quase meio dia de conversa.

As suas viagens, o seu gosto pelo desporto, a sua paixão por árvores que o faz viajar por todo o mundo, a gastronomia, os vinhos… A boa disposição para com o público, para com os voluntários que o saudavam com o respeito e a admiração por quem com esta idade se predispõe a empreitadas desta envergadura.

Quando descíamos o mais recente território europeu (vulcão dos Capelinhos) lembrei-me de um pormenor curioso. O Sr. Arlindo é mais velho do que aquele vulcão. Quando este entrou em erupção já ele andava no liceu.

Ah, a prova. O Azores Trail Run não é uma prova, nem dez. É um compêndio de altruísmo, solidariedade e voluntariado. E não é apenas para quem colabora com ela. Por todo o lado por onde andamos nos dias anteriores e seguintes, há sempre alguém que participou, que colaborou, mesmo em outras ilhas. O Azores Trail Run é já uma marca não só no arquipélago mas em todo o mundo. Este ano vieram atletas de mais de 20 países, muitos deles repetentes.

Não me querendo repetir no que escrevi no ano passado, são as pessoas que me atraem a este grupo de ilhas no meio do atlântico. A sua simplicidade, a sua entrega, o seu gosto e orgulho pela sua terra são comoventes. Nos Açores não somos recebidos como turistas mas como familiares e amigos.

Se perdeu a oportunidade de participar nesta prova, fique atento ao Azores Triangle Adventure já no próximo mês de Outubro. Lá nos encontraremos.

Azores Triangle Adventure 2018

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.