Qual a temperatura ideal para correr

Autor: Vitor Dias  /   Maio 04, 2017  /   Publicado em Notícias, Slider, Treino  /   3 Comentários

Qual a temperatura ideal para se correrEis um dos aspectos que o atleta não pode controlar. Em preparação por exemplo para uma maratona, são semanas e semanas de treinos, sabendo que as condições metereológicas podem deitar tudo a perder. Resta esperar pela sorte. E o que é ter sorte no que à temperatura ambiente diz respeito?

Existe uma faixa de temperatura que é definida como de neutralidade térmica, ou seja, uma temperatura ambiente que não exigiria nem lutar contra o frio nem contra o calor. Esta temperatura estará entre 20 e 24 graus Celsius. No entanto, esta definição vale para o indivíduo em repouso.

Durante o exercício, existe uma produção de calor tanto maior quanto mais intenso for o ritmo do exercício. Quando corremos, o conforto térmico ocorre em temperaturas bem mais baixas. É muito comum os atletas de provas de longas distâncias referirem como temperatura ideal a faixa de 10 a 15 graus, embora como é óbvio isso variar de individuo para individuo. Nesta faixa de temperatura, o frio é um aliado, ajudando o corpo a perder calor e melhorando o desempenho.

Quando a temperatura se situa entre 0 e 10 graus, certamente o calor produzido pelo corpo não consegue equilibrar a perda térmica, tornando-se necessário o uso de roupas para proteger o corpo da perda de temperatura.

Além de comprometer a integridade do atleta, inclusivé predispondo a maior risco de lesões ou até a problemas mais sérios, a redução da temperatura certamente prejudicará o rendimento. Os músculos precisam de uma temperatura corporal em torno de 37 graus para a adequada produção de energia. A eventual redução de temperatura prejudica as ações enzimáticas, comprometendo o desempenho, além de diminuir perigosamente a flexibilidade.

Temperaturas abaixo de zero seriam, teoricamente, incompatíveis com a prática de corridas e certamente já caracterizam provas de outra natureza. O frio desta magnitude causa danos muito sérios, frequentemente causando lesões nas extremidades. O sistema vascular sofre intenso controle dos vasos sanguíneos das extremidades para tentar evitar a perda de calor, e o uso de roupas especiais é absolutamente indispensável.

A outra repercussão das baixas temperaturas do ar ambiente é o intenso arrefecimento das vias aéreas. O ar inspirado arrefece o sangue nos pulmões, obrigando o corpo a aumentar ainda mais o metabolismo e literalmente competindo com o exercício realizado.

Fonte: Globo.com

Azores Trail Run - Columbus 2017

3 Comentários

  1. Valéria Lima 11 de Maio de 2017 5:13

    Eu estou adorando visitar seu blog, e ler os seus posts…. São muitos legais, e interessantes…. Sempre estou passando aqui para desfrutar de seus posts…..

    Parabéns !!!!

    Posso compartilhar este artigo no meu Facebook ?

  2. Alice Oliveira 15 de Maio de 2017 22:13

    Obrigado pelas dicas o saber mais sempre é bom. Boa Prova pra nós.

  3. Bruna 13 de Junho de 2017 0:24

    Nossa que interessante , gostei deste artigo.

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*