Faz bem treinar quando está doente?

Autor: Vitor Dias  /   Novembro 23, 2016  /   Publicado em Lesões e Doenças, Notícias, Slider  /   Sem Comentários

gripeAs gripes estão aí e prometem interferir nos seus treinos.

Tipicamente a recomendação é para que descanse, uma vez que quando está com uma gripe ou constipação o corpo estará a esforçar-se mais para se recompor. Naturalmente, não faria muito sentido colocar mais stress sobre o corpo treinando.

Mas estar doente surge com vários sintomas diferentes, portanto as respostas aos sintomas também têm de ser diferentes.

Se os seus sintomas de gripe ou constipação passarem por: dores fortes de garganta, congestão no peito, febre, vómitos, dores de estômago e de corpo, não deve mesmo ir treinar e deve permanecer em repouso.

Poderá eventualmente treinar se os seus sintomas forem: dores de garganta ligeiras, tosse, espirros, congestão nasal.

Em termos gerais, os sintomas acima do pescoço em princípio não exigem que interrompa os treinos, mas os sintomas abaixo do pescoço requerem descanso.

No entanto se a sua intuição lhe diz que é melhor descansar, é isso que deve fazer. Caso decida treinar, saiba que não deve fazer um treino tão intenso como costuma fazer e que o exercício leve, apesar de não ‘curar’ a gripe pode ajudá-lo a ficar mais bem disposto e tornar os sintomas mais toleráveis.

Ultra Trail Medieval 2019

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.