Um dente por dia e nem sabe o bem que corria (os benefícios do alho)

Autor: Filipa Vicente  /   Julho 16, 2015  /   Publicado em Alimentação, Slider
Tags: alho, anti-bacteriano, Anti-inflamatório, Anti-viral, Antioxidante, Imunomodulador
Tempo de Leitura: 2 minutos

alhoJá dizia o velho ditado que o que cheira mal, faz bem e o alho não é excepção. Utilizado como tempero em diversos pratos culinários, este bolbo de cheiro e sabor forte pode ser um importante aliado na prevenção de diversas doenças crónicas sobretudo do foro cardiovascular. Mas e o que pode fazer por si que corre?

O princípio activo

À semelhança de outros super alimentos, os benefícios do alho vão muito além do seu teor de nutrientes propriamente ditos, ainda assim 1 dente de alho fornece 3% das doses diárias recomendadas de cálcio, vitamina C, manganês e vitamina B6.

O essencial é invisível aos olhos de uma tabela nutricional. O cheiro do alho deve-se sobretudo à presença de compostos organosulfurados, nomeadamente a alicina que é responsável pelos benefícios que lhe são atribuídos.

Efeitos na saúde humana

A alicina tem inúmeros benefícios reconhecidos na saúde humana, podendo actuar na prevenção de doenças do foro cardiovascular, imunitário e oncológico. Estes benefícios podem ser estendidos à saúde do corredor devido aos seus efeitos protectores:

  • Anti-inflamatório – inibe a actividade de enzimas inflamatórias que tendem a estar elevadas devido ao esforço físico (ex:. cicloxigenase e lipoxigenase) e que são responsáveis pelo dano muscular e recuperação tardia.

  • Antioxidante – o exercício de endurance é dos mais prejudiciais para as nossas defesas antioxidantes, a alicina parece promover as defesas inatas através do estímulo de actividade de enzimas como a superóxido dismutase.

  • Imunomodulador – estimula o sistema imune sobretudo através do aumento dos leucócitos e da produção de citocinas responsáveis pelas defesas imunitárias a longo prazo

  • Anti-viral e anti-bacteriano – a alicina tem um efeito de antibiótico extremamente potente, a par do efeito anti-inflamatório, e pode ser a chave para manter as suas vias respiratórias livres de bactérias e vírus responsáveis pelos típicos resfriados e constipações de quem corre ao frio, à chuva, etc.

Como usar?

Para tirar maior partido, deve esmagar o alho porque melhora a disponibilidade da alicina.

Pode:

  • fazer uma pasta de alho para misturar com iogurte num molho saboroso,

  • adicionar numa torrada com azeite e tomate

  • temperar as suas saladas e hortaliças

E a quantidade certa?

Os estudos recomendam doses entre 2 e 4g por dia, cada dente de alho tem cerca de 1g.

Para maximizar estes efeitos, pode ser interessante a suplementação com extracto de alho, deve procurar um produto de qualidade e utilizar de acordo com a sua necessidade.

Precauções

Acreditamos que os nossos leitores são saudáveis mas não deve suplementar com extracto de alho nem aumentar excessivamente as quantidades ingeridas se toma alguma forma de medicação com inibidores da monoamina oxidase (MAO) ou se tem alguma patologia que afecte os seus mecanismos de coagulação.

Leia também ...  Reforce as suas defesas

Sobre Filipa Vicente

Nutricionista (CP1369N) e Professora universitária (IUEM). Escreve para o Correr Por Prazer desde a sua criação em 2008. É essencialmente uma facilitadora de escolhas na busca da melhor versão de nós mesmos. Site oficial: www.filipavicente.net
Fyke

5 Comentários