Exposição solar. Prepare-se!

Autor: Ana Maria de Freitas  /   Junho 25, 2015  /   Publicado em Lesões e Doenças, Slider  /   Sem Comentários

exposicao solarTodos sabemos que o sol é fundamental para a vida de todo o planeta, é essencial à nossa existência. Traz benefícios para a saúde, tais como a síntese da vitamina D (essencial para a absorção do cálcio) e mineralização óssea, melhora o estado de humor e alivia estados depressivos. Mas depende de nós a sua utilização de forma responsável e moderada.

Com o aumento da prática da corrida e da caminhada, os seus praticantes passaram a ter um cuidado acrescido na escolha das sapatilhas mais adequadas, na roupa confortável e arejada e até nos dispositivos de controlo da frequência cardíaca e de aparelhos de música e auscultadores adequados a essas situações. Preocupam-se com a prevenção e recuperação de lesões musculares, mas nem sempre os cuidados com a pele e com a proteção solar são lembrados no momento em que saem para a corrida ou caminhada planeada… por esquecimento, por preguiça ou por desconhecimento.

A pele é o maior órgão do corpo humano e este encontro entre sol e pele pode nem sempre correr bem, visto que exposição excessiva à radiação ultravioleta acarreta danos que podem ser irreversíveis. Os praticantes de corrida ou caminhada estão sujeitos a uma maior carga solar e sendo esta realizada em horas de exposição solar inapropriadas e sem proteção vai certamente favorecer o envelhecimento precoce e acentuado da pele, podendo mesmo conduzir a situações de cancro cutâneo. Mas não podemos esquecer o fotoenvelhecimento – palavra utilizada para definir o envelhecimento causado pela exposição solar prolongada – que a todos atinge, na medida em que todos estamos expostos a radiação solar na praia, no campo, no nosso dia-a-dia e claro quando praticamos desporto ao ar livre. Está nas nossas mãos e olhos prestar atenção a manifestações cutâneas como pequenas manchas, sinais que alteram a cor, tamanho e/ou forma, que sangram ou deitam líquido, que são ásperos ou descamativos.

A proteção individual deve passar por boas práticas e pela foto educação, ou seja, cada um deve adequar os seus comportamentos de modo a usufruir do sol na sua corrida ou caminhada, minimizando os riscos dos danos solares. Não esquecendo que a pele é o maior responsável pela proteção do corpo, esta requer muitos cuidados. Será importante ter em atenção:

  • A temperatura prevista para a hora que pretende treinar

  • Procurar locais de sombra

  • Usar vestuário adequado e fresco (a sudação aumenta a fotossensibilidade, logo maior risco de queimadura)

  • Chapéu com materiais que protegem da radiação e absorvem o suor

  • Óculos de sol

  • Protetor solar ≥ 30 que deve ser aplicado, em toda a pele, 20 minutos antes da exposição solar, não esquecendo os lábios, pavilhões auriculares, contorno dos olhos, mãos, pés e couro cabeludo nas pessoas com pouco ou nenhum cabelo. Não esquecer de renovar numa periodicidade de 1 a 2 horas (conforme o grau de transpiração)

  • Hidratação adequada (sempre)

Correr, caminhar ou apenas passear…com Sol. Excelente…ou péssimo…Depende da nossa atitude perante esta belíssima estrela. Para conviver com ele em plena harmonia devemos usar a nossa inteligência! Usufruir das suas excelentes propriedades e evitar a nocividade dos seus raios.

24h Portugal 2018

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.