Odeia treinos matinais? Saiba como mudar

Autor: Vitor Dias  /   Maio 11, 2015  /   Publicado em Notícias, Slider, Treino  /   2 Comentários

acordar para correrJá há algum tempo que diz ‘amanhã levanto-me às 6h e vou treinar’ e depois acaba por adiar esse plano? Então este artigo é para si.

Para muitas pessoas acordar mais cedo do que o necessário é uma verdadeira tortura. Ainda mais se não for uma pessoa matinal e quiser acordar cedo para ir treinar.

Aemilia Madden, colaboradora do site Pop Sugar, também sofre do mesmo problema mas tem lutado contra o seu ‘eu’ preguiçoso e descobriu algumas dicas para ajudá-lo. Estes truques podem facilitar a árdua tarefa de ‘tirar o rabo da cama’.

1. Vários alarmes: Se pôr dois ou três alarmes não é suficiente para o acordar faça como Aemilia que programa cinco ou seis, a começar meia hora antes da hora a que se quer levantar. Escolher um toque de alarme irritante ou bastante barulhento também o pode ajudar. Pode sentir-se miserável ao acordar mas depois do exercício cumprido sentir-se-á muito melhor.

2. Deixe tudo pronto na noite anterior: Andar a cambalear pelo quarto de manhã à procura das coisas não é a forma mais eficaz e feliz de começar o dia. Prepare a roupa, a água e tudo o que precisa na noite anterior. Se tiver as coisas à mão vai conseguir sair de casa mais rápido e assim nem tem tempo para repensar e voltar para a cama.

3. Combine um treino com alguém: Por vezes pode ser mesmo muito difícil sair da cama, especialmente quando sabemos que nada nos impede de continuar a dormir. Mas, se tiver alguém à sua espera não vai querer deixar a pessoa pendurada. Convença um amigo a encontrar-se consigo para uma corrida matinal ou para um treino no ginásio, assim não vai conseguir escapar.

4. Pague multa: Claro que inscrever-se no ginásio e não ir significa dinheiro desnecessário a sair da sua conta mas, se este argumento ainda não é suficiente para o fazer levantar da cama para ir treinar, peça a um amigo ou ao seu parceiro para que quando disser que vai ao ginásio/treinar e não for lhe cobre uma multa.

5. Recompense-se: Se tem assim algum pequeno prazer ao qual só sucumbe no fim de semana, recompense-se com isso depois de um treino ao qual não queria nada ir. Depois desse esforço vai saber-lhe bem um pequeno miminho. Opte por algo delicioso mas que não estrague por completo o seu treino. Poderá escolher um gelado de iogurte com fruta ou um bocadinho de chocolate, por exemplo.

6. Recorde os resultados: A colaboradora do Pop Sugar explica que nunca esperou que mudar a sua rotina de treino fosse afetar tanto o humor durante todo o dia. Mas a verdade é que passar a treinar de manhã em vez de depois do trabalho a tem deixado muito mais bem-disposta. Apesar de se sentir preguiçosa ao sair da porta, depois do treino suado, admite que se sente “fresca e revigorada”. Se está com dificuldades em obter motivação recorde a energia que irá sentir pelo seu corpo assim que põe um pé fora de casa e começa o resto do seu dia, depois do treino.

7. Não se martirize, tente outra vez: Deita-se tarde ou tem dificuldades para adormecer e isso fez com que perdesse um treino? Calma, criar novos hábitos pode ser um verdadeiro quebra-cabeças. Vá trabalhando a sua rotina e os seus horários até criar um equilíbrio. Desligar a televisão e fechar o portátil uma hora antes de se deitar pode ajudá-lo. Desligue a internet e todos os ecrãs quando está a tentar dormir mais cedo do que o normal.

Fonte: Notícias ao Minuto

Ultra Trail Medieval 2019

2 Comentários

  1. Nuno 9 de Julho de 2015 15:48

    Olá, sou dos que acorda há alguns anos pelas 6h da manhã para tomar pequeno-almoço tranquilamente, alongar, meditar, respirar, passear os cães, correr 30m, tomar banho e vestir-me serenamente… até sair de casa às 08h15 SEMPRE sorridente e em paz comigo e com o mundo, rindo-me para (e às vezes dos) condutores sonolentos, completamente perturbados e alheados da harmonia do mundo.
    Por isso tomo a liberdade de partilhar as dicas que resultaram comigo de forma sustentável, ou seja, tonaram-se um hábito diário natural, livre e espontâneo, e não um sacrifício diário e stressante (por exemplo, não é sustentável a longo prazo ter 5 despertadores, pagar multas ou estar dependente de um companheiro de corrida, quem já o fez sabe que são medidas que poderão resultar no início mas passados uns tempos morrem, tornando o processo mais difícil):

    A principal e única medida necessária a tomar é mudar o paradigma de uma vida artificial e turbulenta para uma VIDA NATURAL E EM PAZ INTERIOR:
    No artigo em discussão, a decisão é tomada na noite anterior e não na própria manhã: passa por se deitar cedo para dormir tudo o que precisa e bem descansado, assim acorda-se naturalmente cedo e com boa energia. Mas para isto é preciso definir que acordar cedo, aproveitando a manhã e o acordar do sol e dos pássaros É MAIS IMPORTANTE do que ficar no sofá a fazer zapping na noite anterior, sair para ir tomar café depois do jantar na noite anterior, estar na cama 1 hora entretido nas redes sociais na noite anterior. É praticamente uma questão de mudança de filosofia de vida: viver com o sol e com a luz natural como é suposto e não com a escuridão; sentir-se enérgico de manhã e durante o dia e não dormir pouco e arrastar-se a toda a hora; viver de dia e dormir de noite, em vez de dormir pouco e recuperar o sono todo ao fim de semana, eventualmente exagerando em sestas que também desregulam o sono; fazer o que é realmente importante para si (escreva as prioridades da sua vida!!!!!!!) e não perder tempo com coisas sem interesse e depois passar a vida a dizer que “não se tem tempo”; pensar a longo prazo (quem queremos ser ou como queremos estar daqui a 5, 10, 30 anos) e agir no dia de hoje para isso, em vez de procurar o prazer imediato e adiar ou lamentar-se continuamente; procurar a realização pessoal dentro de nós e não na vida dos outros ou em bens exteriores; tornar as coisas simples em vez de complicar…

    Tudo isto resultará numa maior consciência do que no fundo importa na vida de cada um e os comportamentos virão em conformidade. Identifique o que o move bem no seu interior e as suas ações diárias virão em conformidade, porque tendemos a ser congruentes connosco próprios.

  2. Vitor Dias 10 de Julho de 2015 9:21

    Olá Nuno
    Muito obrigado pelo seu testemunho.
    Boas corridas.

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.