Movimento de corrida barefoot

Autor: Vitor Dias  /   Março 12, 2014  /   Publicado em Equipamento  /   3 Comentários

Movimento de corrida barefoot

CorrerBarefoot.com é um site dedicado ao movimento de corrida barefoot, ou natural e minimalista em Portugal.

O que é correr barefoot? Tal como o nome indica é correr descalço, ou com sapatilhas que simula ao máximo as sensações de correr descalço, também conhecidos como calçado minimalista.

Entende-se por sapatilhas de corrida minimalistas, sapatos desportivos com uma sola muito reduzida, com “zero drop” (sem diferença de altura entre o calcanhar e a frente do sapato) ou com um drop mínimo. Outra caracteristica é um “toe box” amplo, a parte frontal da sapatilha alargada, possibilitando a utilização de toda a amplitude dos dedos dos pés para ajudar na projecção para a frente enquanto corremos. Alguns modelos, como os Vibram FiveFinger têm os dedos completamente independentes.

Regra geral as sapatilhas minimalistas não têm suporte para o arco do pé.

O objectivo das sapatilhas barefoot é proporcionar um movimento mais natural de corrida, sem ter uma sola amortecedora de umas sapatilhas de corrida “modernas” acabando assim por utilizar mais a parte frontal e meio do pé na corrida, dependendo pouco ou nada  do calcanhar. Utiliza-se uma passada mais suave, com mais passos por minuto, recorrendo assim, mais aos músculos e tendões da parte inferior da perna para amortecer o impacto.

Mas porquê barefoot?

Sabias que as sapatilhas de corrida “modernas”, das conhecidas marcas são uma invenção dos anos ’70? A tecnologia de corrida como a conhecemos hoje tem somente 40 anos… E antes disso? Como é que as pessoas corriam sem ter um belo par de sapatilhas com um calcanhar de 8 cm?

Usavam os pés e pernas da forma que o ser humano foi “concebido”! Durante milhares de anos, o ser humano evoluiu e as suas pernas e pés foram-se adaptando para correr longas e curtas distâncias, principalmente devido à necessidade de caçar para sobreviver.

Dr. Daniel Lieberman, professor do Departamento de Evolução Biológica Humana da Universidade de Harvard (e também corredor) recolheu dados da força durante a pisada, com pés descalços e com sapatilhas de amortecimento.

Foram filmados corredores norte-americanos que correm com e sem sapatilhas, e adolescentes quenianos da região do Rift Valley (o berço dos corredores de longa distância do Quênia) que nunca calçaram sapatilhas na vida. Constataram que mesmo em superfícies mais rijas (alcatrão e terra batida) a pisada descalça é feita com a planta do pé e gera menos impacto do que com a de uma sapatilha tradicional de corrida (onde a pisada se inicia pelo calcanhar e é distribuída para a frente do pé). Em resultado deste estudo surge a hipótese de que as sapatilhas de corrida possam ser responsáveis por causar mais lesões do que evitá-las.

Sabias que o corredor Abebe Bikila, o etíope que ganhou a maratona dos jogos olímpicos de Roma em 1960, bateu o record mundial descalço?

Junta-te a este movimento e vem descobrir o prazer de correr natural! É tão simples como descalçar as tuas sapatilhas e correr, simplesmente correr.

Tiago Pereira

Correr Por Prazer nomeado para blog do ano 2018

3 Comentários

  1. Pedro 12 de Março de 2014 20:17

    é preciso não confundir

    correr descalço é uma coisa

    correr com qualquer coisa nos pés é outra…
    nada pode simular a correr/andar descalço

  2. João Pedro Pereira 13 de Março de 2014 12:43

    Mais um daqueles artigos interessantes aqui no correr por prazer.

    Uma “nova” antiga maneira de correr que agora está aqui.

    Não só é benéfico para quem corre mas para quem pretende evoluir forma física e não só.

    Procura somente bem estar e descontração num simples passeio. Descarga de stress inclusivé.

    Uma boa descrição simples.
    A adaptação requer calma e paciência.

    Continuação de bons artigos como sempre.

  3. Marta Leocádio 16 de Março de 2014 17:27

    Olá,

    Eu dizia que nunca seria “corredora” pois não me identificava com a corrida… A forma de correr, as sapatilhas “flashy”, etc, até que descobri que as sapatilhas Barefoot que usava no dia a dia eram de corrida… eu tinha-as comprado porque eram muito confortáveis e leves, porque as achei bonitas e porque eram da marca que eu costumo comprar calçado!

    Quando descobri que as sapatilhas que eu adorava eram de corrida pensei então que naquelas sapatilhas era capaz de experimentar correr, algo que nunca tinha feito.

    Comecei por correr em novembro de 2013 apenas 1.8Km pois devia começar devagar, como tinha lido numa extensa pesquisa que fiz sobre calçado de corrida minimalista e… fui treinando regularmente a técnica de “aterragem” do pé e hoje corri a minha primeira mini-maratona em Lisboa, e planeio correr a meia-maratona para o ano! 🙂

    Não tive lesões, fui aumentando a distância aos poucos, sinto os meus pés fortes e descontraídos quando corro e hoje já me identifico como “corredora” mas apenas neste estilo minimalista de corrida que adoptei!

    O próximo passo? Correr descalça! 🙂

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.
Blogs do Ano - Nomeado Desporto