Nutridúvidas – comecei a correr e engordei 4 kgs

Autor: Filipa Vicente  /   Junho 17, 2013  /   Publicado em Alimentação
Tags: nutrição, nutrição do atleta, nutriduvidas
Tempo de Leitura: 3 minutos

Nutridúvidas - comecei a correr e engordei 4 kgsPratico exercício todos os dias e por vezes duas vezes por dia. Faço pelo menos 1 hora de bicicleta na estrada e/ou corrida na estrada em percursos com desníveis.

Tenho uma alimentação que considero saudável (com excepção do fim de semana em que não me preocupo com dietas). Raramente como carne optando por peixe ou ovos.

O meu pequeno-almoço é de rainha. 100-150g de pão com manteiga magra e 1 café. O meu almoço é sopa de legumes sem batata; uma salada com alface, tomate, milho, 1 queijo fresco magro e massa cozida (sem tempero); uma laranja e um ou dois kiwis; O lanche tem sido um maça e por vezes com duas bolachas digestivas de aveia. O jantar é sopa de legumes (sem batata), peixe (300g) variando entre salmão, perca, robalo…quase sempre grelhado. Como acompanhamento deixei os hidratos de carbono e apenas como legumes cozidos. Finalizo com uma maçã crua ou cozida apenas em água.
Desde que comecei a correr engordei 4kgs e não consigo baixar o peso.

Tenho 60kgs e quero chegar aos 55-57kg…Continuo a treinar e mais do que anteriormente e o peso não baixa.
Sei que no fim de semana abuso, principalmente nos hidratos de carbono e na sobremesa (gelado, biscoitos, bolo, etc)… Por vezes sinto que abuso mesmo e normalmente sabe-me melhor ao jantar. Não queria acreditar que apenas o que abuso no fim de semana dê para não perder peso….
De tudo o que leio no vosso blog, tenho pena de não gostar de aveia, banana, nozes, etc….e não consigo deixar o meu pãozinho com manteiga ao pequeno-almoço.
Ando “preocupada” porque quero perder peso e principalmente barriga, faço desporto q.b e tento ter uma boa alimentação mas não vejo resultados. Nunca precisei de fazer abdominais porque o desporto ajudava a fortalecer.
Pedia a vossa opinião porque sinceramente “não sei onde estou a errar” mas o que é certo é que não consigo perder peso.
Aguardo pela vossa ajuda caso seja possível….

JRSOUSA

Resposta

Em primeiro lugar, é importante esclarecer que pode não estar a “engordar” mas sim a ganhar alguma massa magra, ou seja, músculo o que leva ao ganho de peso uma vez que o músculo pesa mais do que a gordura. Este processo é relativamente frequente nos primeiros meses de treino sobretudo quando há um aumento considerável da dificuldade e volume. Nesse sentido, não se preocupe excessivamente com o peso mas também com o volume corporal, a tal gordura abdominal, a forma como a roupa lhe assenta, etc.

Independentemente disso, a alimentação tem de facto um papel determinante no controlo do peso e da gordura corporal, sobretudo no que se refere à gordura abdominal. No que diz respeito à alimentação que descreve, tem algumas oportunidades de melhoria de entre as quais, estas parecem as de maior relevo numa primeira fase:

  • Seria interessante incluir uma fonte de proteína no pequeno-almoço e controlar a quantidade de pão nesta refeição, cerca de 50g de pão (1 bolinha média ou 1 fatia) seriam suficientes e se possível devia alternar a manteiga (1c sopa no máximo) com queijo tipo flamengo ou fiambre.

  • No almoço, deveria retirar o milho que é equivalente a arroz, massa ou batata. Ou seja, deve colocar um ou outro.

  • Deve evitar produtos muito transformados e processados, por muito que os seus rótulos pareçam tão apropriados para “dieta”. As bolachas, por muito “boas” que pareçam, entram nesta categoria: 100g de pão têm 200kcal, 100g bolachas chegam às 400kcal…

  • Ao jantar, 300g de peixe pode ser demais para o seu peso, ajuste a porção para mais ou menos metade disso.

  • Parece também estar a ingerir fruta a mais, procure não exceder 2-3 peças de fruta por dia.

  • Adicionalmente, importa esclarecer que não existe nenhuma vantagem em eliminar a carne da alimentação de uma desportista, pelo contrário pode aumentar a predisposição para anemias. A carne é um alimento de elevado valor nutricional e que teve um papel determinante na evolução humana. Deve sim preferir cortes magros como frango, peru, vitela e alcatra.

Não deixe também de ler alguns dos cuidados que encontra neste artigo:

https://www.correrporprazer.com/2011/01/emagrecer-a-correr-o-plano/

Por último, procure começar a controlar melhor os seus excessos de fim-de-semana. Tente escolher algo que realmente lhe saiba bem, seja um bolo ao lanche, um gelado ou uma sobremesa ao jantar no lugar de comer o que lhe apetece e sair totalmente do plano. Geralmente o corpo precisa de se sentir um pouco privado destes “excessos” para educar o paladar e normalmente quando come algo “fora do plano”, é mais fácil descarrilar com maior frequência. Por isso, o auto-controlo e uma escolha crítica de algo que saiba realmente bem é fundamental.

Leia também ...  Aveia, cereal de campeões

Sobre Filipa Vicente

Nutricionista (CP1369N) e Professora universitária (IUEM). Escreve para o Correr Por Prazer desde a sua criação em 2008. É essencialmente uma facilitadora de escolhas na busca da melhor versão de nós mesmos. Site oficial: www.filipavicente.net
Fyke

11 Comentários

    Publique um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *