O que fazer com a roupa desportiva que já não usa?

Autor: Vitor Dias  /   Março 07, 2013  /   Publicado em Notícias
Tags: roupa desportiva, solidariedade
Tempo de Leitura: 2 minutos

O que fazer com a roupa desportiva que já não usa?Sem nos apercebermos, acumulamos em casa “toneladas” de roupa desportiva, ora porque adquirimos roupa em demasia, ora porque custa livrar-nos de algum material que nos acompanhou em algumas conquistas por nós realizadas. Deixamos aqui algumas dicas de como ganhar algum espaço em casa ou até auferir algum dinheiro.

A primeira regra que deveríamos ter em conta é que a partir de determinado momento, nós temos tudo o que precisamos e tudo o que vem a caminho já é para substituir o já existente.

Na prática, o que entra em casa deveria de substituir o material que deixamos de usar. Se compramos umas sapatilhas ou um corta-vento, um par de sapatilhas ou um corta-vento deveria de dar espaço ao novo, podendo o utilizador doar ou recorrer a sites de anúncios e classificados. Seria uma boa oportunidade de fazer alguém feliz ou então de auferir algum dinheiro extra.

Caso não opte por vender o material, poderá optar por doar o material desportivo que se encontra ainda em bom estado.

Existem várias instituições que recebem material para ser usado por quem mais precisa. Umas sapatilhas que deixarem de ter um bom amortecimento, não deixam de ser úteis para quem nada tem, o mesmo acontecendo com t-shirts que recebemos em provas, que muitas vezes não usamos uma única vez.

Solicitamos assim que em resposta a este artigo nos deixem nomes e moradas de instituições que conheçam, onde esse material possa ser entregue.

Estamos em crer que muitos dos nossos visitantes só não entregam muito do material que têm, por não saberem onde o poderão fazer e de que forma.

Leia também ...  Correr por quem não o pode fazer

Se faz parte de um clube, porque não sugerir que o clube junte o material de todos os atletas e o faça chegar a uma instituição de solidariedade social?

Não espere pelo Natal para fazer alguém feliz, faça-o já hoje.

Se a corrida nos faz tão felizes, façamos com que o resultado da mesma, de forma indireta também faça muitas caras sorrir.

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Fyke

5 Comentários

    Publique um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *