Mizuno Wave Rider 14

Autor: Vitor Dias  /   Dezembro 18, 2012  /   Publicado em Equipamento, Testes (reviews)  /   8 Comentários

Mizuno Wave Rider 14Felizmente para nós corredores, há cada vez mais ofertas no mercado de calçado desportivo. Após a análise de algumas marcas e modelos de estrada e de trail, analisamos desta vez o modelo Wave Rider 14 da marca japonesa Mizuno.

Criada em Osaka (Japão) em 1906 por Rihachi Mizuno,  esta marca foi pioneira na inovação tecnológica e que levou em linha de conta as diferenças biomecânicas entre homens e mulheres na corrida.

A primeira impressão que se tem com estas sapatilhas é que as mesmas não têm o amortecimento a que o atleta possa estar habituado com outras marcas baseadas na “tecnologia gel”. De facto parecem duras e o seu próprio manuseamento com as mãos dá a sensação de um material mais duro. As primeiras corridas são por isso muito importantes para uma real habituação ao equipamento em causa.

Ao fim de algum tempo, vai ver que o amortecimento está lá e que os seus pés e articulações se vão sentir protegidos pela falsa dureza que inicialmente as mesmas aparentam.

Ideais para grandes distâncias, e para corredores de peso considerável (mesmo para mais de 80 kgs), este modelo tem uma base vasta e um acompanhamento lateral de protecção bem desenvolvido.

A sua construção em rede não é novidade nos sapatos de corrida, já o seu reforço por baixo da rede é uma mais valia a ter em conta pois uma boa parte das sapatilhas em rede tendem a furar ao fim de algumas centenas de kms.

Apesar de ter uma sola bastante robusta, as mesmas pesam apenas 310 gramas, sendo pois ideias tanto para treinos rápidos como para longas distâncias como a maratona.

Testamos as mesmas em treinos de séries intervaladas, treinos longos e na Maratona de Lisboa.

Em resumo, a adaptação de 2 ou 3 treinos às mesmas são bem compensadores. Os 200 Kms do nosso teste não dá para testar a durabilidade das mesmas, mas é opinião geral que a robustez e durabilidade são a imagem de marca da Mizuno.

Em tempos de crise, o que é mais barato nem sempre é a melhor opção. O tempo de vida das sapatilhas poderá ser muito mais importante que o preço (o preço deste modelo ronda os 130€).

São muitos os corredores que têm pares de sapatilhas Mizuno há vários anos e que continuam a correr com elas. A sua construção e tecnologia poderá ser parecida com outras marcas concorrentes do mercado, mas no que à durabilidade diz respeito, parece que a Mizuno não tem concorrência.

Se pretende ter uma boa protecção para os seus pés tanto em corridas curtas ou longas, penso tratar-se de boa marca e modelo a ter em conta. É também muito provável que demore muito mais tempo a passar numa loja para comprar umas sapatilhas…

Provas de Trail

8 Comentários

  1. Tênis 10 de Outubro de 2013 19:50

    Qual tênis vocês acham melhor entre esse Mizuno e o Asics Gt 2170?

    http://www.lojadetenisesportivos.com.br/tenis-asics-gt-2170-masculino.html

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.