A cor é um indicador de vitaminas e antioxidantes

Autor: Aldina Rodrigues  /   Dezembro 20, 2012  /   Publicado em Alimentação  /   1 Comentário

A cor é um indicador de vitaminas e antioxidantesNesta época do ano podemos e devemos abusar de frutas e legumes de cores vibrantes.Vamos falar de frutas de cor roxa. A amora silvestre, o figo e a uva.

Quem não gosta de figos ou de frutos silvestres como as amora?. Nada melhor do que ir ao campo e apanhar amoras fresquinhas e deliciosas, podem ser congeladas, transformadas em compota e fazer parte de uma sobremesa ou sumo delicioso ao longo do ano.

As amoras são ricas em fósforo, potássio, cálcio, vitamina A, B e C, com propriedades antioxidantes potentes, tem propriedades depurativas, digestivas e refrescantes.

Faz parte da lista dos alimentos anticancerígenos pelo seu teor de ácido elágico. É um bom tónico muscular para a prática desportiva pelo elevado valor de potássio. E as folhas secas podem ser utilizadas em chá como antidiarreico.

As amoras silvestres nativas da flora portuguesa têm um efeito neuroprotector superior às variedades disponíveis comercialmente, revela um estudo realizado pelo laboratório da Biologia da Doença e do Stress do ITQB/IBET, em colaboração com o James Hutton Institute, no Reino Unido

http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=53444&op=all

Os figos, roxos ou verdes são uma delicia, muito nutritivos, usados já pelos atletas gregos antes e depois da competição, tanto frescos como secos. Frescos têm menos calorias do que secos, com cerca de 74 calorias por 100 gr, três vezes menos que secos. Possui cerca de 3% de fibra solúvel (uma ajuda em caso de obstipação e reforça a flora intestinal). O figo é também rico em potássio, magnésio, cálcio e vitamina B1 e B5. Pode combinar um figo com uma bela salada de rúcula e queijo chevre, e temperar com vinagre balsâmico, uma verdadeira delícia.

E as uvas, acabadas de colher, com bagos mais pequenos do que as que compramos normalmente na frutaria mas uma verdadeira delícia. Quem se lembra das vindimas e do regenerante sumo de uva, acabado de pisar no lagar? A sua composição é de 80% de água e os restantes 20% tem nutrientes valiosos. As uvas são ricas em açúcar de fácil assimilação. A fibra encontra-se maioritariamente na casca que deve ser ingerida (lavar bem as uvas antes de as consumir). Tem uma pequena dose de minerais e vitaminas mas é rica em antioxidantes que ajudam o organismo a combater doenças como o cancro, problemas cardiovasculares e doenças degenerativas. As uvas dão um toque fresco ao muesli e ao iogurte.

Todos estes frutos são excelentes para fazer sumos, batidos e pequenos lanches. Vamos aproveitar esta época para nos abastecer de vitaminas e antioxidantes, a fruta muitas vezes esquecida é substituída por sobremesas calóricas, a maioria das pessoas compram sempre a mesma fruta por comodismo e perde as dádivas da fruta da época.

Sugestão:

– Muesli caseiro sem açúcar com frutos secos e ou fruta fresca, (flocos de aveia, nozes, sementes de girassol e linhaça, pevides de abóbora, uvas, kiwi…)

– Bruschetta com queijo de cabra rúcula e figo

– Salada de rúcula, figo e queijo Feta com vinagre balsâmico (ou a gosto)

– Gelado caseiro de amora, ou calda de amora caseiro

– Batido de amora e iogurte natural

– Sumo de uva (com sementes)

 

Bom apetite!!

Aldina Rodrigues

Maratonas na Europa

One Comment

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.