Dia Mundial da Espirometria 2012

Autor: Vitor Dias  /   Junho 26, 2012  /   Publicado em Notícias  /   1 Comentário

Dia Mundial da Espirometria 2012Lisboa | Praça Gare do Oriente | 10h30. Aurora Cunha e Fernanda Ribeiro colocam pulmões à prova.

“Ponha os seus pulmões à prova” é o desafio que a Sociedade Portuguesa de Pneumologia lança em Portugal no âmbito do Dia Mundial da Espirometria, assinalado na próxima quarta-feira, dia 27. Com o apoio de Aurora Cunha e Fernanda Ribeiro, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia junta-se assim ao Forum of International Respiratory Societies (FIRS) e ao European Lung Foundation (ELF) para, em Lisboa, na Praça Gare do Oriente, testar a saúde pulmonar de quem por lá passar entre as 08h30 e as 19h00.

 

Em ano de Jogos Olímpicos o tema que assinala o Dia Mundial da Espirometria é comum a todo o mundo. Portugal não quis ficar de parte e através da Sociedade Portuguesa de Pneumologia promove uma campanha de rastreios que visa não só chamar a atenção para os problemas respiratórios, como promover a prática desportiva e a sua importância para uma maior qualidade de vida. Suportada por um espaço de saúde onde é possível avaliar a capacidade respiratória, através de espirometrias, esta é uma campanha que conta com o apoio de alguns dos mais prestigiados atletas que irã “prestar provas” no que diz respeito à resistência Pulmonar. Fernanda Ribeiro e Aurora Cunha são alguns dos atletas que aceitaram o desafio para no Dia Mundial da Espirometria colocarem à prova os seus pulmões.

 

Segundo Carlos Robalo Cordeiro, Presidente da Sociedade Portuguesa de Pneumologia «os problemas respiratórios constituem um dos principais entraves à qualidade de vida de todos nós. A SPP, enquanto sociedade científica, empenhada na promoção da Saúde Respiratória, acredita que o diagnóstico precoce é a melhor forma de combater problemas respiratórias como a DPOC, uma das patologias com maior prevalência em Portugal. Por se tratar de uma doença sub diagnosticada, cujos sintomas não são imediatamente visíveis, só através de campanhas de rastreio e de sensibilização será possível diagnosticar novos casos de DPOC e tratá-la antes da sua progressão.»

Doenças respiratórias como Asma, Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, Cancro do Pulmão, Tabagismo, Tuberculose, são, no seu conjunto, das principais causas de morte no mundo. Em Portugal, são já a quarta causa de mortalidade e afetam mais de 10% da população. São ainda responsáveis por mais de 80 mil internamentos por ano e 15 milhões de dias de baixa (enquanto os internamentos globais tem uma diminuição de 9%,os internamentos por doença respiratória tiveram um aumento relativo de 12% nos últimos anos).

No mundo estima-se que existam cerca de 600 milhões de pessoas com DPOC. Todos os anos, aproximadamente 2,75 milhões de mortes em todo o mundo são atribuídas à DPOC. A nível mundial é a 5ª causa de morte e calcula-se que em 2020 seja a 3ª, logo após as doenças de coração e os acidentes vasculares cerebrais.

Ultra Trail Medieval 2019

One Comment

  1. Filipe Jorge 26 de Junho de 2012 10:51

    Obrigado por este artigo, é algo que me afecta, tenho asma desde nascença e é um problema que se agrava com as corridas, aquilo que se chama Asma de esforço.

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.