Entrevista com Flor Madureira

Autor: Vitor Dias  /   Maio 24, 2012  /   Publicado em Entrevistas, Mulher Corredora
Tags: entrevista, leões do veneza, trail
Tempo de Leitura: 3 minutos

Entrevista com Flor MadureiraPelas estradas e montes deste país, envergando a camisola do Clube Desportivo Leões do Veneza, já muitos conhecerão a simpatia, a força de vontade, a alegria e o prazer com que encara cada corrida e cada desafio. Numa pequena entrevista, informal e descontraída, falamos com Flor Madureira, sabendo como começou, porque continua e até onde pretende ir.

Há quanto tempo corre?

Corro há 6 anos.

Já praticou outros desportos?

Sim. Cicloturismo.

O que a fez começar a correr?

Um grave problema de saúde da minha irmã mais nova na altura com 32 anos.

Naquela época em que quase a perdemos tomei consciência de que tinha de aproveitar e disfrutar da vida.

Porque escolheu a corrida?

Porque entre os 11 e os 16 anos já tinha praticado atletismo.

Após tantos anos parada comecei por caminhar 15m, depois 30m e mais tarde intercalar a caminhada com a corrida.

Um dia inscrevi-me numa prova de 10 km em Argoncilhe, foi um horror pois o percurso tinha  5 km a subir e 5 a descer. A partir daí não mais parei.

Prefere estrada ou montanha? Porquê?

Prefiro a montanha pois para além do contacto com a natureza os desafios são maiores.

Qual a prova que mais prazer lhe deu concluir e porquê?

Foram duas, a minha primeira Maratona no Porto e a mítica Ultra Trail Serra da Freita.

Cada vez há mais mulheres a correr. Porquê?

Felizmente cada vez somos mais, na minha opinião deve-se ao facto de existir um grande apelo á prática de desporto para melhorar a saúde e bem-estar físico. Para além disso as mulheres puseram os preconceitos de lado e vêm para a rua praticar exercício que antes limitavam ao ginásio.

Qual a razão principal para haver ainda menos mulheres do que homens a correr em Portugal, ao contrário de outros países onde há mais mulheres corredoras do que homens?

Tem a ver com a herança cultural, ainda há poucos anos atrás existia a ideia de que as mulheres deviam ficar em casa a cuidar do lar e dos filhos.

Leia também ...  Trail de Portugal

Gosta de desafios, qual é o teu próximo?

Não sei viver sem desafios, os meus próximos projetos foram traçados ontem (dia 21) a curto prazo é participar no Trail Amigos da Montanha na distância de 60km e para o ano tentar uma prova de 100 km.

Qual a sua prova de sonho?

A minha prova de sonho é os 101 km de Ronda. Há 3 anos atrás, quando a minha maior distancia em competição era a meia maratona , decorria a prova em Ronda onde estavam alguns amigos a participar e eu esperava ansiosamente por notícias , então virei-me para o meu marido e disse-lhe daqui a 3 anos eu vou estar lá, claro que ele chamou-me doida.

Não realizei o sonho dentro do tempo estabelecido mas um dia estarei lá.

Espero continuar a “Correr por Prazer” durante longos anos , aproveito para  agradecer ao meu marido pelo companheirismo e força, aos meus companheiros de treino que sempre me apoiam e a todos os meus amigos que fiz nestes anos de corridas que ficam tão felizes como eu quando  termino  uma prova.

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Vila do Conde Outlet Fashion

13 Comentários

    Publique um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *