Pelo Porto de mapa na mão

Autor: Vitor Dias  /   Abril 18, 2012  /   Publicado em Orientação  /   7 Comentários

Pelo Porto de mapa na mão Este não é um artigo relativo a turismo, mas poderia ser. Este não é um artigo relativo a corridas, mas poderia ser. Este é um artigo relativo a turismo e a corrida numa cidade que encanta quem a visita e enche de orgulho quem nela vive.

Só mesmo duas provas de orientação ao pé de casa me poderiam fazer abdicar de treinar, mesmo com provas longas a uma distância relativamente próxima.

O Troféu de Orientação do Porto foi a razão pela qual rumei com o meu filho aos jardins do palácio de Cristal e ao centro histórico da invicta. Só quem já praticou pelo menos uma vez orientação sabe a adrenalina que paira nestas provas e o quanto esta modalidade quebra a monotonia que tantas vezes a corrida nos provoca.

Correr a pensar, pensar a correr, perder-se, ler o mapa, ver a paisagem, cruzar-se com outros atletas é algo que nos satisfaz plenamente.

O Grupo Desportivo 4 Caminhos soube escolher o que de melhor a cidade tem, os melhores jardins, os melhores monumentos, as melhores ruas e vielas. Praticar desporto onde as ruas estão como sempre estiveram, sem cortes de trânsito, pessoas a apanhar as roupas dos estendais, a carregar com produtos para os seus estabelecimentos, as cores, os cheiros e os animais à solta,  tornam a orientação num desporto tão autentico como as gentes que ali habitam.

Não existe outro desporto onde as famílias possam competir em conjunto (havia uma mãe com o filho ao colo), onde nos é dada a possibilidade de entrar em monumentos históricos (havia um ponto dentro da estação de S. Bento, outro colado à Torre dos Clérigos e outro junto ao Museu da Fotografia), onde os pavões precisavam quase de ser afastados (jardins do Palácio de Cristal) e onde os turistas ficavam boqueabertos e satisfeitos com a azáfama saudável que por alia se vieu.

O Porto é lindo e precisa de movimento, o GD4C soube fazê-lo com a qualidade que já nos vem habituando. Parabéns a toda a organização pelo fim de semana que nos proporcionou. Agora só resta esperar pelo próximo fim de semana para mais 2 dias de orientação.

Outros artigos sobre a prova:

Orientovar

Lils Oliveira

Video da prova completa do vencedor do O’ Porto Urban Race (Joaquim Sousa):

Provas de Trail

7 Comentários

  1. Fernando Costa 18 de Abril de 2012 9:12

    Esperamos que continues a desfrutar estes eventos com a tua familia.
    Como já percebes-te é outro desporto, mas que tem como denominador comum a corrida de que tanto gostas!
    Outros poderão seguir-te e aproveitar estas atividades saudáveis.
    O GD4C estará disponível para prestar todo o apoio necessário.
    Até sábado no Parque do Avioso na Maia e no domingo no Parque do Carriçal.

    Obrigado pelo excelente trabalho de divulgação do Correr por Prazer.

  2. Meixedo 18 de Abril de 2012 10:38

    Não é que a crónica não esteja fantástica, mas o vídeo está um luxo. Quando me perguntarem acerca da prova mando-os ver o vídeo. Logo à noite já o vou impingir à família.
    No próximo fim-de-semana lá estarei para mais uma jornada dupla.
    Abraço.

  3. Vitor Dias 18 de Abril de 2012 11:58

    Obrigado Fernando
    Não quero “impingir” a orientação a ninguém. Tentarei apenas divulgar o que ela poderá trazer de benéfico para quem a abraçar. Sendo ainda pouco conhecida no nosso país, o facto de existir há mais de 100 anos e de ser uma disciplina nas escolas primárias nos países do norte da Europa, já por si só mostra a importância da mesma.
    Enquanto houver pessoas empenhadas na modalidade como o Fernando e clubes como o GD4 caminhos, a quantidade de praticantes irá com certeza subir de forma exponencial. Bem hajam.

  4. Vitor Dias 18 de Abril de 2012 12:00

    Amigo Meixedo
    O teu comentário à crónica fica inquinado pela amizade que nos une. Quanto ao vídeo, é supremo. Parabéns ao Rui Tavares (autor do vídeo) e ao Joaquim Sousa (atleta que levou a câmara).
    O link deste vídeo também será a minha resposta a quem me perguntar o que é a orientação.
    Abc.

  5. Orlando Duarte 19 de Abril de 2012 12:25

    Após três anos consecutivos, infelizmente, este ano não me foi possível desfrutar desse fim-de-semana de orientação no Porto.

    Bom, quero-vos dizer que sou um grande fã (a par da Porto Runners) dessa grande equipa/família que é o Grupo Desportivo 4 Caminhos.

    Dizer também, que o vídeo não está excelente, está soberbo! Primeiro porque a máquina é transportada por essa grande figura da orientação que dá pelo nome de Joaquim Sousa; e depois muito bem complementada na edição do amigo Rui Tavares. Tem lá todos os dados: altitude, frequência cardíaca, velocidade km/minuto, a distância entre balizas e, sobretudo, aqueles dois mapas, que no fundo é a substância principal da orientação!

    Claro que os puristas da orientação não ficam lá muito satisfeitos com estas provas urbanas, eles são mais floresta e tal, mas eu acho que uma coisa complementa a outra. E depois, para além da vida e o movimento que provoca em qualquer cidade, há a divulgação e a notoriedade que se dá à modalidade!

    Parabéns ao Correr por Prazer por se associar a estas iniciativas e à modalidade, parabéns ao G.D.4 Caminhos pela organização e via daqui um grande Abraço ao seu grande timoneiro, Fernando Costa!

    Orlando Duarte

  6. Fernando Costa 19 de Abril de 2012 20:39

    Muito obrigado pelas suas palavras, Orlando.
    Espero que continue a desfrutar todas as provas em que participa, estrada, montanha, trails, orientação, etc. O que é necessário é dizer presente, participar e não deixar de correr!

    Um Grande Abraço
    Fernando Costa

  7. Alexandre Caramez 23 de Abril de 2012 15:25

    Fico feliz de te ver a ti e ao teu filho nesse empreendedorismo único que uma relação pai/filho pode ter! Parabéns a ambos 😉

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.