Horário de corrida e horário de comida I

Autor: Filipa Vicente  /   Setembro 12, 2011  /   Publicado em Alimentação
Tags: Alimentação, Karnazes, tâmaras
Tempo de Leitura: 2 minutos

O que comer antes de correr é daquelas perguntas típicas nas consultas de nutrição. Não existe uma fórmula 100% perfeita, e esta refeição até deve ser personalizada, mas o que suscita mais dúvidas é mesmo o que comer quando treinamos a horas “menos próprias”.

Três situações possíveis e três soluções disponíveis. Marque o treino na sua agenda como se de uma reunião se tratasse e não arranje mais desculpas.

Cedo, logo pela madrugada
Ainda mal desligou o despertador e já tem as sapatilhas calçadas? Por certo não tem tempo de se sentar à mesa e fazer um pequeno-almoço digno de um maratonista mas isso não o pode impedir de sair para correr pela fresca, até porque está provado que quem corre nestes horários tende a ser mais disciplinado e a falhar menos treinos. Vá à cozinha e não saia sem comer:
Escolha Correr por Prazer: uma banana e algumas amêndoas
Porquê? A banana tem hidratos de carbono fáceis de assimilar mas não açucarados, no entanto como está em jejum as amêndoas fornecem a fibra e gordura necessárias para manter os níveis de açúcar estáveis.
Alternativa: barrita de aveia e tâmaras.

Aproveito a hora de almoço
Frequenta regularmente o duche gratuito do Parque da Cidade ou tem cartão no estádio Universitário, a sua hora de almoço é sagrada mas no lugar de perder tempo a ir ao restaurante vai dar a sua corrida. Impossível no Verão com o calor mas uma excelente opção no Inverno, organize bem a sua refeição para que nada falhe antes, durante e depois do treino.
Escolha Correr por Prazer: 1h antes uma sandes de fiambre, queijo ou ovo e uma fruta, depois uma salada que pode levar consigo com massa adicionada, peito de peru assado ou frango assado desfiado, uma colher de sopa de azeite, nozes e passas por cima e sumo natural ou sem açúcar para beber.
Alternativa: uma boa sandes de peito de frango grelhado ou carne assada servem para o efeito.

Leia também ...  O que comer antes do esforço?

Crianças deitadas, cabeças descansadas
O Dean Karnazes faz o seu segundo ou terceiro treino, conforme os dias, assim que deita as crianças. Frontal na cabeça e lá vai ele. Se gosta da noite como companhia e chega cedo a casa para estar com as crianças, pode sempre esperar que se deitem para fazer o seu treino. No entanto, não se recomenda que faça séries ou outro trabalho de velocidade a estas horas porque poderá ter dificuldades em dormir. O jantar só tem de ser um pouco diferente.
Escolha correr por prazer: uma refeição de peixe, pode ser atum em conserva mas ao natural, com batata cozida ou por exemplo uma sopa de verduras passada com ovo cozido, uma fatia de pão torrado e uma peça de fruta. Depois da corrida um copo de leite e cereais para repor, numa porção de acordo com as suas necessidades e objectivos.

E em vez de três problemas, surgem-lhe três novas opções para não deixar de treinar mesmo quando a sua agenda está em hora de ponta.

Sobre Filipa Vicente

Nutricionista (CP1369N) e Professora universitária (IUEM). Escreve para o Correr Por Prazer desde a sua criação em 2008. É essencialmente uma facilitadora de escolhas na busca da melhor versão de nós mesmos. Site oficial: www.filipavicente.net
Fyke

10 Comentários

    Publique um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    *