São Silvestre foi corredor?

Autor: Vitor Dias  /   Dezembro 10, 2010  /   Publicado em Notícias  /   Sem Comentários

sao silvestreSerá difícil encontrar um corredor que não tenha corrido uma S. Silvestre.  Provas com esta designação existem pelo mundo inteiro, sendo a de S. Paulo no Brasil a mais emblemática de todas. Mas qual a razão desta designação?

Ao que se sabe, este santo nunca foi corredor. São Silvestre I foi Papa entre 31 de Janeiro de 314 e 31 de dezembro de 335, durante o reinado do imperador romano Constantino I, que determinou o fim da perseguição aos cristãos, iniciando-se a Paz na Igreja. Silvestre I foi um dos primeiros santos canonizados sem ter sofrido o martírio.

Atribui-se em geral a conversão de Constantino a uma visão que terá tido antes da batalha da ponte de Milvius (312). Mas a tradição medieval, também teria dito que o imperador teria lepra incurável, e logo que Silvestre o baptizou por imersão numa piscina ficou imediatamente curado. Esta versão porém não tem fundamento, pois sabe-se que Constantino foi baptizado no final da sua vida, com a intenção de perdoar seus pecados, por Eusébio, bispo de Nicodemia.

São Silvestre faleceu a 31 de Dezembro do ano 335 e a única razão válida para o facto de haver tantas provas com o seu nome, deve-se unicamente ao facto de as mesmas normalmente se disputarem no dia em que se venera o santo, a 31 de Dezembro.

Azores Triangle Adventure 2018

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.