Tem 70 anos e continua a fazer maratonas

Autor: Vitor Dias  /   Novembro 01, 2010  /   Publicado em Vivências  /   19 Comentários

Já não há quase nenhuma razão para os mais sedentários não correrem, basta mesmo gozar de boa saúde e por pés ao caminho. Depois das recentes histórias que aqui relatamos em que a referência a excesso de peso e a ter tido uma doença grave, venho hoje abordar a questão idade, como sendo uma razão para a qual não pode ser uma desculpa para se tornar um acérrimo adepto do sofá. E para isso nada melhor que um exemplo. O Sr. José Teixeira completou em Abril passado 70 anos e não é isso que o vai fazer não completar a sua sexta maratona já no próximo domingo no Porto. Conheça a sua fantástica história de longevidade nas corridas.

Quem corre na marginal portuense ou já há algum tempo faz provas por este país fora, é natural que já se tenha cruzado com uma simpática figura de cabelos brancos, sempre sorridente e com ar de quem nunca vai cansado. É o exemplo típico do atleta de pelotão que corre por prazer. Trata-se do Sr. José Teixeira que corre há tantos anos que diz debaixo de sorridos que não se lembra quando começou a correr. Só se lembra que com 7 ou 8 anos corria á volta do adro da igreja para ganhar um santinho.

Hoje reformado, exerce ainda a sua anterior actividade de técnico em sistemas de ultrasons em part-time, deixando o restante tempo para a família e para a corrida.

Desde sempre sentiu grande prazer em correr, fosse atrás de um cabrito ou até em provas militares, dada a facilidade com que o fazia sem se cansar, daí a ter integrado o Grupo dos Veteranos do Porto que na altura eram dos poucos grupos existentes.

Diz que quando era jovem, utilizava a força natural própria da juventude, hoje já tem de se defender mais, utilizando técnicas que foi aprendendo com os milhares de quilómetros que foi fazendo. Já terminou 6 maratonas, sendo 4 delas em Londres nos anos 90 e duas no Porto, esperando fazer a próxima já no domingo, dia 7 de Novembro. Quanto a meias maratonas, diz que não as contabilizou mas que serão concerteza cerca de uma centena.

Quando confrontado com a pergunta de não ser muito habitual ver pessoas da sua idade a fazer maratonas, diz que o que o motiva é o desafio e o fazer sempre pelo prazer pela corrida, a que se junta o convívio salutar com os camaradas , principalmente os Porto Runners a que orgulhosamente pertence.

Sente-se um felizardo. Diz gozar de óptima saúde tanto física como psíquica. A titulo de curiosidade refere que a sua tensão arterial anda pelos 12,5/7,5 e o meu ritmo cardíaco é entre 40/45 em repouso. Quanto ao resto diz que é fácil, desde que se treine.

Como conselho a quem é principiante na corrida ou que pretende iniciar-se, diz que quem pretende abraçar a corrida como o seu desporto de eleição sem entrar em alta competição mas apenas corredor de pelotão, deve faze-lo com moderação, não entrar em exageros principalmente nos treinos, pois é importante que se acabe o treino folgado para ter-mos apetite para o dia seguinte. Muitas pessoas desistem de correr precisamente porque no seu primeiro treino deram tudo por tudo por ignorância, e no dia seguinte não têm a mínima vontade de recomeçar por pensar que a corrida é assim mesmo. É importante também juntar-se a um grupo de corrida, pois é muito mais fácil aprender com os que já têm muita pratica, do que correr sozinho.

À pergunta, quando pretende parar de correr, responde que enquanto tiver alegria, prazer de correr e a saúde o permitir, será sempre corredor de pelotão.

<img src=”http://www.correrporprazer.com/wp-content/uploads/alain_mimoun.jpg” alt=”” hspace=”6″ vspace=”6″ align=”left” />

19 Comentários

  1. Luis Sousa Pires 1 de Novembro de 2010 20:09

    É dificil não se criar empatia com alguém como o José Teixeira, por quem tenho uma grande admiração. Os seus setenta anos só mesmo no BI, pois em tudo o resto reflecte alguém muito mais novo… sem dúvida!

    Lembro-me bem do seu descontraído semblante, ao terminar a Maratona do Porto o ano passado, transbordando alegria e boa disposição, mais parecia tratar-se de uma prova de meia dúzia de kms. Tenho como um dos meus objectivos, terminar uma maratona aos setenta anos, consciente que só está ao alcance de alguns.

    É um enorme exemplo para todos nós!

  2. Marco Silva 1 de Novembro de 2010 22:13

    Só desejo é mesmo chegar a idade do Teixeira e man…ter a jovialidade, espirito, alegria e simpatia dele. Um forte Abraço e que venham mais outros tantos.

  3. Paulo Rodrigues 1 de Novembro de 2010 22:31

    Parabéns SR.JOSÉ TEIXEIRA
    Tal como ao Luis,este é também um dos meus desejos,andar por aí a correr com 70 anos!!!
    Continue com a sua cativante simpatia!
    Abraço
    Paulo Rodrigues

  4. João Paulo Meixedo 1 de Novembro de 2010 23:51

    Só tive oportunidade de conversar com este atleta exemplar uma vez, ao longo de alguns kms, durante um treino dos Porto Runners. Um Sinhôr! Como se diz e escreve aqui na Imbicta.

  5. Celestina pereira 4 de Novembro de 2010 10:42

    Parabéns por essa vontade de Viver, de Conviver, de Sorrir e de Partilhar esse espírito Vencedor, mostrando assim a muitos, que chegar aos 70, não significa necessáriamente “matar” o tempo.

  6. Geraldino Silva 4 de Novembro de 2010 11:36

    O Sr José Teixeira é sem dúvida alguma um exemplo a seguir por outros colegas mais jovens que pretendam ter/ou manter uma actividade física a um nível bem elevado e competitivo por muitos e bons anos !

    Há que saber ouvir bem os seus conselhos fruto da sua enorme experiência e vivência tidas ao longo dos anos, extremamente activo no campo profissional até há uns meses atrás sem nunca tal ter constituído obstáculo para descurar a sua preparação física sempre regular, conselhos esss que poderão contribuir e ajudar a um maior e melhor aproveitamento das potencialidades de outros colegas mais jovens que o saibam ouvir !

    E se além disso forem capazes de entenderem e assumirem a postura e a forma de estar descontraída, correcta, alegre e extremamente contagiante que o Sr José Teixeira sempre nos habituou a ver nele, descobrirão seguramente o verdadeiro sentido da frase que dá pelo nome do presente blog intitulado “Correr por Prazer”, pois este SENHOR é sem dúvida nenhuma o verdadeiro atleta de pelotão e um exemplo a seguir !

    Tem sido extremamente grato tê-lo como colega e amigo nestas n/ lides do gost pela corrida !

    Um grande abraço !

  7. antonio pacheco lima nunes 4 de Novembro de 2010 23:32

    pois é sr teixeira é bom que continue a correr pode ser que um dia destes a gente se encontre numa prova desde ja´um grande abraço

  8. Nelson Perneta 6 de Novembro de 2010 1:48

    Está mais que provado que não há idades para correr.O sr.José Teixeira prova-o,é deste tipo de atleta que admiro bastante,meus sinceros parabéns.Alguns anos recordo-me de ter visto num artigo,de um senhor com cerca dos seus 80 anos,que tinha acabado uma prova de 6km muito feliz,onde dizia com certo humor.Vou para a campa 100% em forma.Bom fim de semana

  9. Beatriz e João Teixeira 6 de Novembro de 2010 11:10

    Avô
    Vamos estar atentos á tua próxima maratona no Porto. Vamos estar a fazer um forcing por ti. Vai correr tudo bem e vê-lá se chegas em primeiro lugar. Continua assim, porque és um grande exemplo de vida, de vontade e persistência para nós e também para todos os outros. Beijinhos dos teus netos.

  10. Branca Marques 7 de Novembro de 2010 18:59

    Não o conheço pessoalmente …… um dia!

    Mas o Sr. é o exemplo de que não há idade para o que quer que seja, um exemplo para todos nós.

    Força para continuar!!!!

  11. Vitor Dias 6 de Setembro de 2011 10:53

    Correu até ao último segundo da sua vida.
    Deixou-nos com o seu eterno sorriso nos lábios. Ensinou-nos o que era correr por prazer. Até sempre companheiro.

    Vitor Dias

  12. Rui Pinho 6 de Setembro de 2011 12:24

    A minha primeira maratona, coincidiu com a sua ultima. Terminou à minha frente uns segundos, e festejamos ali mesmo, com a tradicional cerveja na mão.
    Inscreveu-se para a Maratona de Milão, mas não a correu, disse, por não ter treinado o suficiente. Não deixou, contudo, de lá ir e, junto com a sua família, com a camisola dos Porto Runners vestida e de bandeira portuguesa na mão, de nos apoiar e felicitar junto à meta.
    Encontrei-o de novo na Corrida da Festival, sorridente dizia que estava a iniciar a época e planeava fazer a 1/2 Maratona Sport Zone.

    Hei-de recorda-lo sempre como um simpático atleta de pelotão que todos nós, um dia, gostaríamos de vir a ser.

    Até sempre Sr. Teixeira!

  13. Luis Sousa Pires 6 de Setembro de 2011 12:46

    Foi um companheiro e um amigo, e não o digo por nos ter deixado, como prova o primeiro comentário desta notícia, mas porque era alguém, de facto, com enorme carácter e sempre disposto a ajudar, como por exemplo na recente Maratona de Milão, que recordarei para sempre. Partiu a fazer o que lhe dava prazer!
    Adeus José Teixeira… até sempre!

  14. Vasco Batista 6 de Setembro de 2011 17:43

    Tive a felicidade de o ter conhecido na minha 1ªMaratona…a sua 6ª. Mas a sua 1ª com 70 anos como referia o Vitor Dias na linha de partida em “jeito de brincadeira”…..Recordo-me da viagem a Milão, a qual não participou por não se encontrar em forma.Hei-de recorda-lo sempre como um grande atleta e um exemplo. Hoje ficámos mais pobres….Um até breve Sr.Teixeira

  15. Nuno Barradas 6 de Setembro de 2011 18:10

    Sem conhecer pessoalmente o Sr. José Teixeira gostaria de deixar aqui os meus votos de pesar à família e aos Porto Runners, para mim a mais emblemática e dinâmica equipa do pelotão nacional. Ficaram um pouco mais pobres pela falta física do vosso atleta…ficarão certamente mais fortes pois o seu espírito vos acompanhará a cada Km.
    A minha sentida homenagem a um verdadeiro exemplo.
    Forte abraço!

  16. Joana Duarte 6 de Setembro de 2011 19:09

    É com enorme pena que vejo partir um bom companheiro de corrida,na realidade para mim o Sr.Teixeira não era só um companheiro de corrida, era e será sempre um amigo.
    Há pessoas que ao longo da nossa vida vamos tendo o prazer de conhecer e conviver, eu tive o prazer de me cruzar e criar uma amizade com o Sr. Teixeira.
    Muito mais poderia escrever sobre este meu amigo, mas não chegariam as palavras para descrever a bondade, generosidade e amizade com que sempre nos brindou!
    um beijinho muito grande para este meu amigo que partiu mas que estará para sempre no meu coração…
    Até sempre sr. Teixeira.

  17. Paulo Rodrigues 6 de Setembro de 2011 19:28

    Foi um prazer enorme desfrutar de alguns treinos e de alguns momentos de conversa com este homem! Um exemplo para todos nós,respeitador,generoso,amigo,…tenho-o como uma pessoa “BOA”!!!
    Descanse em paz Sr.Teixeira!!!

  18. Geraldino Silva 6 de Setembro de 2011 23:30

    Hoje foi um dia diferente e muito mais triste que os demais por coincidir com a partida terrena de todo imprevista e abrupta do nosso colega e amigo Jose Teixeira por todos estimado e considerado como um simbolo do verdadeiro espirito dos corredores de pelotao, pelo que hoje perdemos um grande homem !

    Um sentido voto de pesar extensivo a toda a sua familia por esta enorme perda que muita falta vai fazer a todos que com ele tiveram o grato prazer de conviver e beneficiar dos seus sabios e experientes conselhos !

    Ate sempre Jose Teixeira, obrigado por tudo !

  19. Basílio Correia 7 de Setembro de 2011 22:27

    Treinar com pessoas como o Sr. Teixeira, não só nos orgulha, como nos dá coragem para continuar…
    Os meus votos de pesar a sua Família.
    Com saudade

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*