Animação Cultural na 7ª. Maratona do Porto

Autor: Vitor Dias  /   Novembro 02, 2010  /   Publicado em Notícias  /   7 Comentários

Falta menos de uma semana para a maratona do Porto. O nervoso miudinho começa a apoderar-se daqueles que se propõem participar nesta prova, mas principalmente para os que a se vão estrear nesta distância. E são muitos ao que parece. Sabemos que não é fácil e sabemos que tudo vale para animar os atletas durante a desgastante empreitada. Assim sendo, a organização da prova em parceria com o CorrerPorPrazer.com, apostou uma vez mais em colocar agrupamentos durante o percurso. Fique a saber quem são e onde estarão colocados. Trata-se também para os músicos de um desafio pois o seu público alvo só assiste à sua actuação durante alguns segundos. Ao passar por eles não se esqueça de os aplaudir. Eles irão gostar.

Dia 6.Nov.2010 – 13h00 às 15h00 (no decorrer da pasta-party)

A Orquestra “La Belle Époque”

Nasceu no início da década de 90 do século passado, no seio da Banda Marcial da Foz do Douro, sendo um caso pioneiro no mundo filarmónico, tendo como director artístico o conceituado maestro e compositor Afonso Alves.

Apresentou-se em locais tão distintos como hotéis, o Palácio da Bolsa (Porto), Museu do Carro Eléctrico (Porto), tendo actuado perante inúmeras personalidades nacionais e estrangeiras.

Depois de vários anos de intenso trabalho de projecção e divulgação da música ligeira, em finais da mesma década, a Orquestra é extinta.

Em Abril de 2009, um grupo de músicos da Banda Marcial da Foz, decide levar para a frente o projecto de criação uma Orquestra que se dedicasse exclusivamente à interpretação de música ligeira. Esse projecto foi apresentado à Direcção da Banda que acolheu prontamente a ideia, dando de imediato todo o apoio logístico necessário ao seu arranque.

Para além de elementos da Banda Marcial da Foz, a “La Belle Époque” conta com a colaboração de músicos de outras proveniências, geográficas e musicais, que, por afinidade com outros elementos da orquestra e com os objectivos a que esta se propõe, abraçaram com todo o entusiasmo este projecto, conferindo um carácter de maior ecletismo a esta formação.

Na data do primeiro ensaio submeteram-se a votação vários nomes para a Orquestra, tendo sido escolhido, por larga maioria, manter a ligação ao passado, ficando decidido que o nome seria “La Belle Époque”.

No primeiro ano do seu ressurgimento, sob a Direcção Artística do Maestro António Pinheiro, a “La Belle Époque” tornou-se uma referência no panorama musical da Cidade do Porto, realizando mais de uma dezena de concertos em locais tão diversos como Maia, Porto, Santa Maria da Feira, Santo Tirso, Vagos, Vila do Conde e Vila Nova de Gaia, destacando-se duas actuações na Biblioteca Almeida Garret (Porto) e a participação na Maratona Internacional do Porto (2009 e 2010).

A “La Belle Époque” está preparada para a animação dos mais variados tipos de eventos, interpretando temas clássicos do Swing, Jazz, Rock, Pop e Música Latina.

Site: http://labelleepoque.bandadafoz.com

Dia 7.Nov.2010

 

Km 6 e Km 39 (Castelo do Queijo)

 

A Bandinha da Praia

 

A Bandinha da Praia é um ensemble de sopros e percussão, constituído maioritariamente por elementos da Orquestra Ligeira “La Belle Époque” que se juntaram para animar a 7ª. Maratona do Porto, no âmbito da parceria estabelecida entre a RunPorto e a referida orquestra.

O grupo interpretará temas de cariz descontraído, animado e popular, tendo como mote o incentivo aos participantes na prova e animação do público presente nas ruas da Cidade Invicta.

Km 14 e Km 33 (Alfândega)

Maratona de Pautas ‘10

A Orquestra “Maratona de Pautas” faz parte duma iniciativa levada a cabo pela camada mais jovem da filarmónica da Academia Musical Arazedense (Montemor-o-Velho), através da qual vários músicos se propõem a ensaiar os mais diversos temas musicais e a apresentá-los em concerto com o objectivo principal de mostrar um pouco da sua música, com a integração de novos músicos, de aprendizagem relativamente recente, proporcionando assim um intercâmbio musical entre públicos distintos. A integração de músicos de recente aprendizagem é uma constante e daí o ar rejuvenescedor desta Orquestra.

A designação da Orquestra vai tomando lugar de acordo com as exigências contextuais.

Desse modo, esta Orquestra já participou no V e VI Festival do Arroz e Lampreia (Lampreia na Pauta), em Montemor-o-Velho; nas “Comemorações do 25 de Abril” (Pautas de Abril), em Arazede; na XXII edição “Carnaval para a Infância e Juventude” (Pautas Carnavalescas), em Montemor-o-Velho; no III Ciclo de Concertos AmaJazz, (Pautas de Jazz), em Arazede; no Festival “Música de Verão ‘09”, com as turmas das AEC’s da Freguesia de Arazede (Pautas de Verão), em Arazede; nos “Serões para os nossos Avós”, (Pautas Dançantes), em Mira e Cantanhede; e na Maratona do Porto ’09 (Maratona de Pautas), no Porto.

 

O espectáculo em si baseia-se na apresentação de temas repletos de energia e interactividade com o público presente.

O coração é a pauta onde a pulsação é vivida de acordo com o ritmo de cada um.

Km 15,5 – Km 25 e Km 32,5 (Ponte D. Luiz I)

 

Eruditus

Este agrupamento começou por ser um quinteto de metais e foi criado no início de Março de 2009 com objectivos variados.

Após algum tempo, para ampliar seu reportório e dar vida rítmica às músicas, integrou uma bateria e depois uma voz feminina.

O seu estilo é variado, com muito rítmico swing, blues, jazz, samba, clássico, rock, pop, valsa, latino e tem como intuito agradar ao mais variado público, adaptando-se a todo e qualquer evento.

Eruditus na internet:

www.myspace.com/Eruditosquintet

www.facebook.com/Eruditosquintet

Km 20 (Afurada)

 

Os Bandamecos

Em Dezembro de 2009,um pequeno grupo composto por elementos da Banda Marcial da Foz do Douro, juntou-se com o intuito de promover a Escola de Música da mesma associação nas principais ruas comerciais da cidade do Porto.

Esse projecto previa apenas uma única actuação. Entretanto surge o convite para mais uma actuação, endereçado pela Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira, ao qual o grupo acedeu prontamente.

Foi então que os elementos do grupo decidiram levar o projecto em frente.

Para Directora Artística foi convidada a maestrina Teresa Sala, também responsável pela Escola de Música, que, de imediato, assumiu as funções.

Uma vez que a principal função do grupo é a divulgação e promoção da Escola de Música da Banda Marcial da Foz do Douro, servirá também para os alunos da mesma escola efectuarem um primeiro contacto com um grupo musical, tendo em vista a futura entrada para o quadro efectivo de músicos da Banda.

Os “Bandamecos” funcionarão sempre como elo de ligação entre a escola de música e o elenco artístico da Banda Marcial da Foz do Douro.

7 Comentários

  1. João Paulo Meixedo 2 de Novembro de 2010 1:54

    Aquele erudito badameco de barba branca é de facto muito conhecido por dar músico ao pessoal, mas eu por acaso não gramo os acordes dele.

  2. Luis Sousa Pires 2 de Novembro de 2010 9:15

    Como maratonista e acérrimo adepto da Maratona do Porto, congratulo-me com esta excelente iniciativa de animar esta prova da nossa Cidade Invicta. Proporcionar aos atletas momentos musicais animados e descontraídos são, sem dúvida, um excelente apoio e um grande contributo para podermos superar melhor a distância e o muito tempo de corrida. Obrigado às Bandas de Música pela mais-valia que emprestam à prova e, pela minha parte, podem contar com o meu entusiasta aplauso… nem que chova!

  3. Miguel Paiva 4 de Novembro de 2010 9:54

    Fantástico programa! Parabéns à RunPorto e ao Correr por Prazer por este generosa parceria.

    abraço
    MPaiva

  4. Lucídio Dias 4 de Novembro de 2010 12:19

    Esta ideia é excelente, animar os atletas ao longo do percurso é fantástico. Tendo em conta o dispendio de esforço físico e anímico é motivador ter ao longo da estrada, bandas que animam os atletas e convidam as pessoas a baterem palmas aos grandes mestres da corrida.
    Parabéns pela ideia.

  5. Lopes - Fafe 4 de Novembro de 2010 21:28

    Claro que aplaudimos, o que queremos é festa. Já agora eu gosto mais das músicas 2/4.
    Um grande abraço a todos, em especial aos músicos.
    João Lopes

  6. Lopes - Fafe 6 de Novembro de 2010 21:06

    Padrinho chegou a hora da verdade, deia-me a sua benção.
    Um abraço
    João Lopes

  7. Vitor Dias 6 de Novembro de 2010 21:43

    Amigo Lopes

    Está dada as benção 🙂 Vamos lá descansar que amanhã ninguém a faz por nós.

    Bom descanso.

    Cumprimentos

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.