Há 2 anos atrás pesava 170 Kgs, hoje completou a sua primeira Meia Maratona

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 10, 2010  /   Publicado em Vivências
Tags: meia maratona, miguel marujo, obesidade, obesidade mórbida, porto, porto runners, sportzone, Vivências

Miguel Marujo concluiu hoje a sua primeira Meia Maratona. Foi aliás a sua primeira prova, após ter começado a correr há 3 meses atrás. Esta seria uma história como tantas outras, em que quase todos nos revemos. Mas se eu começar por lhe dizer que o Miguel há pouco mais de 2 anos atrás pesava 170 Kgs, a coisa muda de figura. Não é todos os dias que se assiste a um fenómeno desta natureza. Senti hoje uma satisfação enorme ao vê-lo cruzar a meta, exausto mas satisfeito por realizar aquilo que nunca pensou ser capaz.

De trato simples e com grande simpatia, Miguel Marujo aceitou que publicássemos este relato, simplesmente porque acha que a sua história poderá servir de incentivo a outras pessoas, demonstrando que a idade, a condição física ou o peso não são entraves para nos iniciarmos na prática de exercício físico, em especial a corrida.

Há sete anos atrás, um acidente de viação atirou-o para uma cama durante largos meses. Para além de todos os problemas inerentes a uma situação destas, começou a aumentar o seu peso e aos 29 anos já pesava 170 Kgs. Submeteu-se então a uma intervenção cirúrgica, colocando uma banda gástrica, seguiu à risca as recomendações médicas e começou a perder peso. No inicio deste ano efectuou a sua primeira cirurgia plástica começando de seguida a fazer umas caminhadas e em pouco tempo estas começaram a  saber a pouco. Em Julho começou a alternar a caminhada com um pouco de corrida e em pouco tempo começou só a correr. Fez os testes médicos necessários no Centro de Medicina Desportiva e concluiu que estava em condições de apostar na corrida como o seu desporto de eleição.

Leia também ...  Troféu de Orientação do Porto (2012)

Em pouco tempo verificou que já era difícil não ir treinar e já lhe custava mais não sair para correr do que ficar em casa. Em Agosto foi-lhe lançado o desafio: correr a Meia Maratona Sportzone, no Porto, cidade onde reside. Nem pestanejou: “eu vou”, sem saber ao certo qual a distância da prova.

Começou a frequentar o Parque da Cidade do Porto, a conviver com vários atletas, nomeadamente da equipa Porto Runners, clube onde viria a inscrever-se e onde fez agora a sua primeira prova com as cores do clube.

“Eu não tinha qualidade de vida. Vocês não imaginam os sacrifícios que eu passava. Uma simples caminhada de 100 metros levava-me à exaustão. O meu médico não acreditou quando lhe disse que corri pela primeira vez 10 Kms. Hoje corri mais do dobro, estou exausto mas feliz. Nunca pensei que isto pudesse ser possível. Isto só prova que há vida para além da obesidade mórbida e existem pessoas com vontade de ajudar. A partir de agora vou tentar manter este ritmo e o próximo passo é um dia conseguir cumprir uma maratona.”

Dois anos e meio depois e 70 Kgs a menos, o Miguel é de facto uma demonstração de força de vontade e um invulgar exemplo a seguir.

“Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única.”

Albert Schweitzer

E que exemplo este.

Parabéns Miguel, hoje encheste de orgulho os que te rodeiam e provaste que o nosso maior obstáculo está entre as nossas orelhas.

Sobre Vitor Dias

Autor e administrador deste site. Corredor desde 2007 tendo completado 54 maratonas em 15 países. Cronista em Jornal Público e autor da rubrica Correr Por Prazer em Porto Canal. Site Oficial: www.vitordias.pt
Polipromotion

36 Comentários

    X