Há 2 anos atrás pesava 170 Kgs, hoje completou a sua primeira Meia Maratona

Autor: Vitor Dias  /   Outubro 10, 2010  /   Publicado em Vivências  /   37 Comentários

Miguel Marujo concluiu hoje a sua primeira Meia Maratona. Foi aliás a sua primeira prova, após ter começado a correr há 3 meses atrás. Esta seria uma história como tantas outras, em que quase todos nos revemos. Mas se eu começar por lhe dizer que o Miguel há pouco mais de 2 anos atrás pesava 170 Kgs, a coisa muda de figura. Não é todos os dias que se assiste a um fenómeno desta natureza. Senti hoje uma satisfação enorme ao vê-lo cruzar a meta, exausto mas satisfeito por realizar aquilo que nunca pensou ser capaz.

De trato simples e com grande simpatia, Miguel Marujo aceitou que publicássemos este relato, simplesmente porque acha que a sua história poderá servir de incentivo a outras pessoas, demonstrando que a idade, a condição física ou o peso não são entraves para nos iniciarmos na prática de exercício físico, em especial a corrida.

Há sete anos atrás, um acidente de viação atirou-o para uma cama durante largos meses. Para além de todos os problemas inerentes a uma situação destas, começou a aumentar o seu peso e aos 29 anos já pesava 170 Kgs. Submeteu-se então a uma intervenção cirúrgica, colocando uma banda gástrica, seguiu à risca as recomendações médicas e começou a perder peso. No inicio deste ano efectuou a sua primeira cirurgia plástica começando de seguida a fazer umas caminhadas e em pouco tempo estas começaram a  saber a pouco. Em Julho começou a alternar a caminhada com um pouco de corrida e em pouco tempo começou só a correr. Fez os testes médicos necessários no Centro de Medicina Desportiva e concluiu que estava em condições de apostar na corrida como o seu desporto de eleição.

Em pouco tempo verificou que já era difícil não ir treinar e já lhe custava mais não sair para correr do que ficar em casa. Em Agosto foi-lhe lançado o desafio: correr a Meia Maratona Sportzone, no Porto, cidade onde reside. Nem pestanejou: “eu vou”, sem saber ao certo qual a distância da prova.

Começou a frequentar o Parque da Cidade do Porto, a conviver com vários atletas, nomeadamente da equipa Porto Runners, clube onde viria a inscrever-se e onde fez agora a sua primeira prova com as cores do clube.

“Eu não tinha qualidade de vida. Vocês não imaginam os sacrifícios que eu passava. Uma simples caminhada de 100 metros levava-me à exaustão. O meu médico não acreditou quando lhe disse que corri pela primeira vez 10 Kms. Hoje corri mais do dobro, estou exausto mas feliz. Nunca pensei que isto pudesse ser possível. Isto só prova que há vida para além da obesidade mórbida e existem pessoas com vontade de ajudar. A partir de agora vou tentar manter este ritmo e o próximo passo é um dia conseguir cumprir uma maratona.”

Dois anos e meio depois e 70 Kgs a menos, o Miguel é de facto uma demonstração de força de vontade e um invulgar exemplo a seguir.

“Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única.”

Albert Schweitzer

E que exemplo este.

Parabéns Miguel, hoje encheste de orgulho os que te rodeiam e provaste que o nosso maior obstáculo está entre as nossas orelhas.

37 Comentários

  1. Ana Maria de Freitas 10 de Outubro de 2010 18:33

    Parabéns Miguel. A felicidade está estampada no rosto. Parte do combustível usado na prova veio do meu leite-creme…eh!eh! Sim, porque os verdadeiros atletas também comem coisitas calóricas.
    Como tudo na vida deve ser escolhido…este dia 10-10-10 é apenas o inicio de um novo percurso de corridas (a sério…)da tua vida.E os vizinhos estão a colaborar com o sucesso, ou pelo menos com as sobremesas.

  2. Vasco Batista 10 de Outubro de 2010 18:44

    Parabéns Miguel Marujo. Foi uma honra ter-te conhecido, e poder ter partilhado contigo esta alegria.
    Provas-tes que és um exemplo a seguir, e que nunca devemos desistir.Força e determinação não te faltaram… Como eu costumo dizer:
    Por vezes quando tudo parece desmoronar, percebes que és mais forte, que sonhas mais alto, que ambicionas mais, isto faz de ti um CAMPEÃO. Parabéns por esta grande jornada, em que mais uma vez provas-tes que fostes mais forte.Grande Abraço

  3. Jose Paulo 10 de Outubro de 2010 18:46

    Muitos parabens!!! és um grande exemplo

  4. Filipa Vicente 10 de Outubro de 2010 18:46

    Parabéns, Miguel!
    Foi um prazer conhecer-te e estrear-me na Meia ao mesmo tempo que tamanho exemplo. Que seja a primeira de muitas e quem sabe poderemos estrearmos na mesma Maratona, em 2011 no Porto.

  5. Alberto Mendonça 10 de Outubro de 2010 18:51

    Parabéns, Miguel!
    Não fazia ideia dessa fantástica evolução, é notável!
    Agora há que continuar com a mesma força de vontade e logo a maratona estará feita!

  6. João Paulo Meixedo 10 de Outubro de 2010 19:11

    Só conheci o Miguel na fase final da sua empreitada corredora, mas há já muito que seguia a sua preparação que me ia sendo relatada por ti, Vitor (a tua modéstia impediu-te de, no artigo, dizer que representaste um enorme papel na preparação do Miguel).
    Há poucas semanas tive finalmente o prazer de conhecer o Miguel.
    Hoje não resisti a ir bater-lhe à porta para lhe dar um enorme abraço de parabéns.
    És grande, Miguel; mas não é em tamanho 🙂
    Prometo desde já estar presente no dia em que te estreares na distância mítica. Por agora descansa e saboreia.

  7. Novais 10 de Outubro de 2010 19:30

    Tive o prazer de conhecer Miguel num treino na companhia do vitor e conhecer já parte deste relato e foi com muita satisfação e alegria que o vi passar quase a terminar a prova, por isso aqui ficam os meus PARABENS…

  8. Marcelo 10 de Outubro de 2010 19:57

    Miguel,
    Tive um percurso relativamente parecido com o teu, pesava 120 Kg em Agosto de 2009, e graças à paixão pela corrida e pessoas como o Vítor Dias (embora não o conheça pessoalmente, a inspiração tem sido muito grande), hoje tenho 78Kg (e a baixar) e terminei a minha primeira Meia-maratona à poucos dias e sei exactamente o que estás a sentir nesta foto a cruzar a meta.
    Continua forte e a quebrar barreiras, porque elas existem para isto mesmo!
    Bem haja!

  9. Alexandre Caramez 10 de Outubro de 2010 19:58

    Eu estive lá e vi este SENHOR, sim um SENHOR com letra maiúscula a passar e arrepiei-me vê-lo passar!
    Parabéns Miguel, para mim és uma inspiração do que é SUPERAÇÃO daquilo que homens pequenos chamam de IMPOSSÍVEL!
    Grande campeão.
    Abraço Alexandre

  10. Rui Pinho 10 de Outubro de 2010 20:56

    Parabéns!

    Eu pesava há 3 anos 134 Kg. O ano passado, nesse momento final da prova, sorria como tú. Com menos 20 Kg, um ano depois de deixar de fumar, terminava a minha 1ª 1/2 Maratona. Sei bem o que essa vitória significa para ti, e o quanto te custaram esses 21 Km’s. Mas os campeões fazem-se dessa fibra. Determinação e coragem exemplares, foi o que vi no teu rosto quando te vi durante a prova. E o Vitor tem realmente sido determinante para mim, não me admiro que o seja também para ti.
    Um abraço e boas corridas.

  11. Lopes - Fafe 10 de Outubro de 2010 20:59

    Olá Marujo
    é com grande alegria e satisfação que li o relato da tua evolução, mas não esqueças que tu já és um herói, pois fizeste o que há tempos atrás provávelmente acharias impossivel, mas o importante é que estes louros já ninguém te pode tirar e esta data fica para história, pois podes andar no atletismo 100 anos mas nunca mais esquecerás este dia, mas aqui não é o limite aqui agora começou o verdadeiro desafio, e tu nunca estarás só, podes contar com os amigos.
    Um grande abraço
    João Lopes

  12. Carlos Castro 10 de Outubro de 2010 21:31

    Parabéns Miguel!
    Não tive ainda o prazer de te conhecer, mas não preciso, para, desde já te ter em boa conta! Não é todos os dias que encontramos pessoas com personalidade tão sublime! Gosto de pessoas com caracter, com força de vontade e sem medo de dar a cara à luta… e de lutar!… Seja lá por que objectivo for! Luta! Não pares nem desistas nunca, pois aquilo que se sofre numa luta é incomparavelmente mais pequeno, mais ínfimo, do que aquilo que saboreia pela vitória!
    Hoje és uma pessoa com a auto-estima bem elevada, mas também acabaste de assumir uma responsabilidade: a partir de agora tens um “montão” de amigos de olhos em ti… e vão vibrar – talvez mais do que tu! – com as tuas futuras vitórias!
    Um abraço… e obrigado pelo exemplo!

  13. José António 10 de Outubro de 2010 21:47

    Parabéns Miguel

    Foi com muito prazer que hoje o Vitor (mais uma vez o teu “dedinho”) nos apresentou pessoalmente, ele que já me tinha falado da tua historia de força e vontade de vencer (nem só quem chega em primeiro é um vencedor).
    Fica aqui o meu abraço, e parabéns pelo enorme feito.

    José António

  14. Fernando Folgado 10 de Outubro de 2010 21:58

    Esta é uma historia de vida tocante e digna de todos os parabens! Um exemplo, uma montra, uma demostração que todos os problemas que temos no dia a dia são menores. Que esta seja a primeira meia maratona do resto da tua vida. Que este seja um exemplo de força e poder, para tantos que necessitam. Tenho a esperança que este seja um exemplo para tantos que necessitam!!!
    Parabens!!!
    P.S.: E nunca ninguem esqueça que pior que chegar em ultimo, é nunca chegar!!!

  15. Rui Campos 10 de Outubro de 2010 22:06

    Miguel, a tua “história” é certamente motivo de grande orgulho para ti, na verdade tu conseguis-te algo que é muitissimo mais dificil do que correr uma maratona ou provavelmente uma ultra-maratona, que é a mudança de mentalidade. Parabéns pela tua dteerminação e que a tua vitória hoje na Meia Maratona seja o impluso pa…ra muitas outras. É com grande orgulho que pertencemos ao PortoRunners, na verdade um Clube de Campeões.

  16. Joaquim Nogueira 10 de Outubro de 2010 22:42

    Muitos Parabéns Miguel

    Foi com grande satisfação que li este relato. É preciso muita força de vontade para em tão pouco tempo de preparação, fazer uma Meia Maratona. Espero que esta seja a primeira de muitas, no salutar convívio do Porto Runners. Bem haja o vizinho que te incentivou, e nos divulgou esta tua circunstância digna de registo. Quando há três anos nos conhecemos num fim de semana em Aguiar da Beira, conseguis-te impressionar-me com a dificuldade de adaptação à banda gástrica, mas hoje, fiquei muito mais por te ver participar nesta prova.
    Continua que estás no bom caminho.

    Joaquim Nogueira

  17. Orlando Duarte 10 de Outubro de 2010 22:45

    Quero manifestar os meus mais sentidos votos de parabéns a este grande atleta!

    Naturalmente extensíveis ao não menos grande clube chamado Porto Runners!!!

    E dizer-vos que tenho a certeza absoluta que o 1º classificado se tivesse que correr com 100 kg não ganhava ao Miguel Marujo!

    PARABÉNS MIGUEL!

  18. Manuel Caetano 11 de Outubro de 2010 1:05

    Parabéns Miguel, gostei muito de saber que existem pessoas com tu, com capacidade de ultrapassar barreiras. E conseguir chegar à meta, não só desta meia maratona, mas também de uma vida mais saudável…

  19. Luis Sousa Pires 11 de Outubro de 2010 1:37

    PARABÉNS, PARABÉNS, PARABÉNS…

    Tive pena de não ter acompanhado “in loco” o excelente feito do Miguel, mas acabei de chegar do Algarve, de mais uma maratona (52ª). Confesso que, ao lado dele, sinto-me tão pequenino…

    O Miguel foi-me apresentado recentemente pelo Vitor – quem mais poderia ser – e desde logo percebi, ao ter acompanhado alguns momentos da sua preparação, que estava perante alguém muito determinado e com uma enorme força de vontade.
    Com esta conquista passaste a ser, de facto, um enorme exemplo para todos nós e a tua responsabilidade agora é enorme!

    Ficamos na expectativa de novos feitos mas… vai com calma, pois “Roma e Pavia, não se fizeram num dia”!

  20. jaime 11 de Outubro de 2010 8:21

    Parabens Miguel.
    Para mim es um heroi como se tivesses batido um record mundial!
    Quica a tua tarefa ate foi bem mais dificil.
    Continua…..
    Imposssible is nothing

  21. Carlos Azevedo 11 de Outubro de 2010 9:33

    Muitos Parabéns e obrigado pelo excelente exemplo e incentivo.

  22. Luisa Carmo 11 de Outubro de 2010 9:43

    Parabéns pelo esforço enorme!

    Esta experiência será inspiradora para todos.

  23. Marco Silva 11 de Outubro de 2010 9:55

    Parabens,

    Só de si o feito é fantástico, espectacular.
    Mostra que quando muito se quer, sempre se alcança o fim.

    Que grande exemplo.

    E que continue, porque o pior já está conseguido.

  24. Zé Talibanho 11 de Outubro de 2010 10:30

    Parabéns. Agora não pares.
    Lembra-te sempre que o dificil está feito, o impossivel áde-se fazer. O poder da mente sobrepõe-se a tudo. Quando se quer, consegue-se. Mais uma vez parabéns!

  25. Nuno ROcha 11 de Outubro de 2010 11:12

    Grande Exemplo para a nossa juventude, pratiquem desporto, Parabéns Miguel!

  26. Nelson Perneta 11 de Outubro de 2010 11:13

    Grande Sr:Miguel Marujo.Este feito alcançado por si,tem um valor espantoso como fantástico.Sei que cada palavra dita por si é verdadeira e sentida,com muito sofrimento a mistura,não é fácil.Meu amigo se me permite trata-lo assim,eu também já fui obeso,tive problemas mais ou menos semelhantes aos seus,sei o que é ir ao fundo do poço.Mas agradeço a Deus,tudo o que me caíu em cima só assim me foi possível ver do que sou capaz.O pior adversário que tive de competir foi,eu.Tenho em frente umas palavras que me parecem importantes«Se avançarmos confiantemente em direcção aos nossos sonhos e nos esforçarmos por viver a vida tal como a imaginámos,alcançaremos um sucesso maior do que ambicionáramos.» De Henri David Thoreau.Continue em frente.Muitas felecidades 1abc

  27. Paulo Rodrigues 11 de Outubro de 2010 17:45

    Não conheço o Miguel,não conheci o Miguel,o Vitor já me tinha contado a sua história,fiquei impressionadíssimo,mas hoje o seu exemplo tem de nos encher de orgulho,mas quais limites quais ca..lho,os nossos limites estão entre as nossas orelhas e mais nada…!!!
    Sinceros parabéns e será um prazer conhecer-te um dia destes,aí num treino qualquer!!!
    Abraço
    Paulo Rodrigues

  28. José Adriano 11 de Outubro de 2010 19:09

    É pá são tantos os que neste momento estão a ler este artigo e comentários e que se roem de inveja, porque não têm somente coragem.
    É, é só preciso ter coragem, mais nada e este nosso amigo Miguel (que me foi apresentado pelo Vitor poucos minutos antes da prova), tem uma coragem imensurável.
    Grão a grão enche a galinha o papo (este Vitor qualquer dia é mais famoso que o Dalai Lama).

  29. Fernando Rocha 11 de Outubro de 2010 19:25

    Grande Proeza Miguel Marujo, aquela de terminar uma meia maratona. Nós não nos conhecemos hoje, mas quero te conhecer amanhã para te dar um grande abraço. Não estive na meia maratona porque na mesma hora estava a correr mais uma maratona. E é daqui de Poznan que te dou os meus parabéns.
    Parabéns: objectivo cumprido.
    Fernando Rocha

  30. Nuno Sá Lima 11 de Outubro de 2010 19:26

    Estou bastante impressionado com o relato que acabei de lêr. Estamos perante um exemplo raro e talvez único de que a mente comanda o nosso corpo e é determinante na conquista de um objectivo.
    Ainda não tive a honra de cumprimentá-lo mas um dia destes penso que irá ser possivel. Os meus sinceros parabéns por este feito incrivel que se chama Qualidade de Vida.

    Abraço

    Nuno Sá Lima

  31. sergio aguiar 11 de Outubro de 2010 23:16

    parabens miguel, realmente e um feito muito grande… ainda n tive o prazer de te conhecer, mas vemo-nos nos treinos.
    Abraço

  32. João Lima 12 de Outubro de 2010 13:33

    Impressionante! Que vencedor!
    E a felicidade na cara ao cortar a meta espelha tudo! É nestas alturas que nós, simples atletas de pelotão, nos sentimos uns campeões olímpicos, pela vitória contra nós mesmos!
    Parabéns e força para mais!

  33. Miguel Paiva 12 de Outubro de 2010 16:19

    Muitos parabéns ao meu homónimo pela força de vontade demonstrada e pela determinação com que superou um objectivo que, verdadeiramente, marca uma mudança radical de vida.
    Agradeço ao Vitor o “serviço público” de divulgação desta história, pois acredito que vá servir para motivar outros Migueis que andam por aí e que também merecem ser felizes.

    abraço
    MPaiva

  34. Fernando Andrezo 14 de Outubro de 2010 14:37

    Por acaso sou testemunha, todos os dias fizemos a Av. da Boavista até Matosinhos, a pé, 11 km sempre a andar sem parar. Depois ele, com muita força de vontade fez o que poucos conseguem…..Maratona!

    É excelente ter amigos como ele.

    Grande abraço,
    F.A.

  35. Rui Fernandes 16 de Outubro de 2010 13:20

    Parabéns Miguel! Essa tua força de vontade acompanhada da orientação de um grande Vítor é o principio de muitos anos cheios de vida saudável…
    Continúa assim Miguel…não desistas!

    Abraço.

    Rui Fernandes

  36. Carlos Bernardo 21 de Outubro de 2010 10:48

    Parabéns amigo Miguel pela sua determinação a qual prova que nada é impossivel.Eu não tive na sua situação mas tive muito tempo sem fazer exercicio e com 1,65 pesei 92kg tive um ameaço de enfarte , valeu-me ser bem socorrido, a partir dai comecei a pedalar e hoje faço grandes percursoa , o mais longo foram 205km.Continuo sempre a pedalar e os niveis de colestrol e tudo o mais andam correctos, com pulsação ao acordar de 46 quando eram de 80.

  37. Pingback: Rui Pinho- Já pesou 134 Kgs, hoje corre maratonas |

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.