Hannes Kolehmainen

Autor: Vitor Dias  /   Setembro 11, 2010  /   Publicado em História  /   1 Comentário

Nacionalidade: Finlandesa

Nascimento: 9 de Dezembro de 1889 em Helsínquia

Falecimento: 11 de Janeiro de 1966 (76 anos)

Venceu a Maratona dos Jogos Olímpicos Antuérpia em 1920 com  o tempo de 02h32m35s

Juho Pietari “Hannes” Kolehmainen foi um corredor finlandês de longa distância, o primeiro de uma série de grandes fundistas olímpicos conhecidos como Finlandeses Voadores.

Em 1912, Hannes inaugurou o domínio finlandês destas provas nas Olimpíadas, que duraria mais de vinte anos, ao ganhar três medalhas de ouro nos 5.000m, 10.000m (nesta prova ele derrotou o até então invencível corredor francês Jean Bouin) conseguindo o recorde mundial – e nos 3.000 m cross-country por equipas nos Jogos de Estocolmo na Suécia.

Nesta época, a Finlândia era uma província russa e apesar de terem equipas diferentes nos Jogos, foi a bandeira russa a hasteada depois de suas vitórias, o que provocou o comentário de Hannes de que “quase preferiria não ter vencido”.

Com a carreira interrompida no auge por causa da Primeira Guerra Mundial, Kolehmainen retornou aos Jogos Olímpicos, em Antuérpia no ano de 1920, optando agora por uma corrida mais longa, de menor velocidade e mais resistência – a Maratona, tendo conquistado a medalha de ouro na prova, a quarta de sua carreira olímpica.

A partir daí, Hannes Kolehmainen já tinha um grande sucessor no compatriota e pupilo Paavo Nurmi, que dominaria as corridas de fundo desta década e que, junto com ele, acenderia a tocha olímpica na abertura dos Jogos de Helsínquia  na Finlândia em 1952.

Foi recordista mundial dos 3000 metros entre 1912 e 1918, e da maratona entre 1920 e 1925.

Fonte: Wikipédia

Azores Trail Run - Columbus 2017

One Comment

  1. Nelson Perneta 12 de Setembro de 2010 16:02

    Olá Vitor:Depois de anos problemáticos,eis que surge a maratona sempre na vanguarda,esta modalidade representa alegria,união e amizade entre os povos e por isso sobrevive a tudo.Quanto,aos Finlandeses sempre tiveram grandes fundistas,será por serem vizinhos dos russos e conhecerem os seus metódos de treino?No entanto penso que Hannes Kolehmainen era um grande atleta.Boa semana

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*