Verrugas

Autor: Romeu Araujo  /   Julho 29, 2010  /   Publicado em Lesões e Doenças  /   2 Comentários

As verrugas podem ter várias formas e aparecerem em diversos locais do corpo, nomeadamente dedos, planta e dorso do pé. Pode existir apenas uma ou várias, isoladas ou em “mosaico”. São frequentemente confundidas com outras alterações da pele, como os denominados “calos”.

Apresentam usualmente uma forma circular e saliente, com um espessamento da pele, podendo também apresentar pequenos pontos escuros. São frequentemente dolorosas, podendo crescer de forma rápida e eventualmente disseminarem-se.

As verrugas são causadas por diversos tipos de papilloma virus. O vírus tem maior possibilidade de penetrar na pele quando esta tem alguma lesão.

A maioria das pessoas crê que as verrugas “se apanham” nos balneários, especialmente os das piscinas e no próprio pavimento que rodeia a piscina. Contudo, apenas um estudo científico demonstrou que quem frequenta piscinas tem probabilidade acrescida de vir a apresentar verrugas. Outros estudos não apresentaram nenhuma relação de causalidade.

O papiloma vírus encontra-se com frequência em inúmeros locais. Eventualmente mais ainda em balneários e instalações circundantes de piscinas. Contudo a probabilidade de infecção, se a pele estiver intacta, é mínima. Para se minimizar o risco, deve-se utilizar chinelos nos balneários.

O que se deve fazer quando se detecta o que poderá ser uma verruga?

Deve-se consultar um Podologista/Podiatra para confirmação do problema e para o seu tratamento.

A terapêutica é variável e depende da localização, tipo e estado geral do paciente. Apesar de as verrugas causarem muito frequentemente um elevado incómodo e dor, é também possível aplicar um tratamento que possibilite que o paciente possa manter quase inalterada a sua rotina diária, incluindo trabalho e/ou desporto.

Antes e durante o tratamento devem-se adoptar medidas que visem evitar a disseminação das verrugas no próprio paciente, bem como a transmissão do vírus a terceiros.

Por Romeu Araújo – Podologista / Podiatra; Porto, Portugal
E-mail: romeuaraujo@podologista.com

24h Portugal 2018

2 Comentários

  1. NELSON PERNETA 2 de Agosto de 2010 22:18

    Olá Dr:Romeu Araujo.Houve um especialista que me disse que este vírus,não existia em Portugal foi importado da America Latina por se dar bem com o nosso clima se instalou aqui.Há alguma verdade nisto?

  2. Romeu Araújo 3 de Agosto de 2010 0:09

    @ Nelson Perneta:
    Os vírus necessitam de células vivas para se multiplicarem. Neste caso específico, não me parece que o clima tenha grande influência.
    Realmente existem estirpes/variantes típicas de cada continente mas, no continente Europeu, este tipo de lesões são conhecidas desde a antiguidade.
    Para evitar ser demasiado extenso, deixo-lhe duas ligações com mais informação:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/V%C3%ADrus_do_papiloma_humano
    http://pt.wikipedia.org/wiki/V%C3%ADrus

    Cumprimentos

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.