Perca peso sem fazer Dieta I

Autor: Filipa Vicente  /   Janeiro 29, 2010  /   Publicado em Alimentação, Emagrecer a Correr  /   3 Comentários

Perca peso sem fazer Dieta I“Dieta é para doentes e só dura 3 dias” in Mexa-se pela sua saúde, Themudo Barata. Se quer controlar o seu peso corporal sem sacrificar o seu rendimento quilométrico, adopte hábitos alimentares saudáveis e faça escolhas simples mas conscientes que podem fazer os ponteiros da balança mexer.

1. Conheça os seus caprichos e principais erros alimentares.

Anote as sobremesas, doces, petiscos, pratos e outras delícias gastronómicas que fazem a delícia do seu apetite.

O segredo passa por conhecer as fraquezas para num momento em que realmente lhe apetece, saiba exactamente o que procura. Frequentemente as pessoas, ao fim de muitos dias de restrição, têm fome e não sabendo muito bem do quê, comem o que houver à mão. Resultado: comem até satisfazerem a gula o que pode demorar um pacote de bolachas, uma tablete de chocolate, um rissol, etc. Se souber exactamente o motivo da perdição, saberá o que procurar para satisfazer essa necessidade e não andará a acumular calorias sem solucionar o problema.

2. Faça uma gestão consciente dos seus excessos alimentares.

No lugar de restringir tudo, que é normalmente a medida adoptada no início do ano novo, comece por ir diminuindo a frequência com que excede os limites.

Por exemplo, se tem por hábito beber um copo de vinho ao almoço e outro ao jantar, comece por substituir o copo de vinho do jantar por um sumo natural ou 100% sem açúcar adicionado. Terá cortado as calorias para metade sem deixar de beber algo.

Se costuma comer arroz e batatas fritas todos os dias no acompanhamento do almoço, na cantina da empresa ou no restaurante, comece a pedir dia sim, dia não apenas arroz.

Quem não vive sem um bolo sabe que dificilmente passará na pastelaria sem entrar mas a sua mente tem de superar esse problema. Escolha o seu bolo preferido de todos, que não consegue deixar de comer, agora veja quantas vezes come por semana, reduza para metade.

Estas medidas não implicam deixar de comer o que mais gosta, mas diminuir a frequência desse capricho irá inclusivamente fazer com que lhe saiba AINDA melhor. Fácil não?

3. Saboreie no lugar de devorar a comida.

Uma das armas mais poderosas para melhorar a alimentação é aprender a cozinhar, comer algo feito por si é uma conquista única.

A segunda é aprender a saborear os alimentos, experimentando novos sabores e escrutinando devidamente as suas qualidades. Mastigue devagar e saiba apreciar cada sabor e detalhe.

Isso exige também que não adopte a estratégia dos cozidos e grelhados, pode perfeitamente variar entre os vários métodos de confecção. O segredo fundamental é moderar a quantidade de gordura utilizada.

Um estufado em cru como uma caldeirada ou uma cataplana são excelentes opções para introduzir peixe na alimentação sem ser cozido ou grelhado. Teremos em breve um artigo só sobre métodos de confecção.

Adopte já hoje estas medidas simples e dê 2 a 3 semanas ao seu corpo para começar a ver resultados. Quando emagrece, nem sempre perde muito peso sobretudo se fizer exercício porque ganha massa magra e o músculo é mais pesado do que a gordura. O emagrecimento nota-se no volume, sentindo-se sobretudo na roupa.

Provas de Trail

3 Comentários

  1. Nelson Perneta 29 de Janeiro de 2010 22:18

    Olá Dra:Filipa.Realmente este artigo é muito interessante,quanto aos três pontos que refere,julgo ser no equilíbrio de vida que está a virtude.Este equilíbrio é obtido pelo domínio de si própio e pela compensação.Comer doces,quando nos apetece,sim,mas não devorar a montra da pastelaria e ingeri-las dentro das refeições completas,podendo parar a vontade.Gostar do bom vinho,mas beber com moderação.Ser gastónomo, mas saber seguir um regime vegetariano alguns dias quando se cometeu alguns excessos alimentares.A vida não foi feita para compreende-la mas sim para vive-la,claro,com equilíbrio.Bom fim de semana.

  2. Joao 18 de Fevereiro de 2010 22:32

    Ola.
    sera que comer massa ao pequeno almoço é boa ideia?

  3. Pingback: Correr para Perder peso |

  4. Hugo Parreira 19 de Fevereiro de 2012 15:59

    Acho que este plano está muito bom, muito esclarecedor e completamente adaptável ao dia-a-dia do cidadão comum. Parabéns a quem o delineou e obrigado.

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.