Europeu de Cross: Jessica, Inês e… 3 medalhas

Autor: Vitor Dias  /   Dezembro 14, 2008  /   Publicado em Crónicas, Notícias  /   Sem Comentários

Europeu de Cross: Jessica, Inês e... 3 medalhas

Jessica Augusto (Prata), Inês Monteiro (Bronze) e a selecção nacional (Ouro). 3 medalhas para o atletismo português no Campeonato da Europa de Corta-Mato.

Se há partida se poderia dizer que Portugal era candidato a uma medalha colectiva, em termos individuais as medalhas não estavam no horizonte das atletas portuguesas.

Alinhavam à partida atletas de grande craveira internacional, entre elas a russa Gulnara Galkina-Samitova, Campeã Olímpica de 3000 metros obstáculos, recordista do mundo e a primeira mulher a baixar dos 9 minutos na distancia.

Samitova fez valer o seu estatuto de favorita, partindo na frente e comandando o primeiro terço da corrida, mas Portugal tinha nas suas fileiras as Campeãs da Europa de Corta-Mato Júnior de 1999 (Inês Monteiro) e de 2000 (Jessica Augusto), que não se deixaram intimidar pelo andamento e pelo estatuto da russa, mantendo-se na cabeça da corrida logo desde o tiro de partida. Mais atrás, Ana Dulce Félix e Sara Moreira colocavam-se nos 10 primeiros lugares, com Anália Rosa e Ana Dias a serem mais cautelosas na partida.

Mas o Cross é diferente da pista, e perante o ataque da Irlandesa Mary Cullen, Samitova não suportou o peso das zonas enlameadas do percurso, onde Jessica e Inês pareciam voar.

Por volta dos 3 km de prova, Hilda Kibet, queniana naturalizada holandesa, pegou na corrida impondo um ritmo rápido, Jessica ainda regiu mas a holandesa não cedeu, ganhando terreno volta a volta.

Com Jessica Augusto a segurar a medalha de prata desde cedo, as atenções viravam-se para Inês Monteiro, que discutia o bronze com Cullen, mais atrás, Ana Dulce Felix mantinha-se nas 15 primeiras e Anália Rosa subia de posição volta após volta.

Na entrada para a última volta, Inês Monteiro impõe um ritmo forte que a irlandesa não conseguiu seguir, e Anália continuava a recuperar posições num trabalho fundamental para o Ouro que Portugal viria a ganhar.

No final, três medalhas para Portugal, a Prata para Jessica Augusto, o Bronze para Inês Monteiro e o Ouro colectivo, somando 29 pontos para o 6º título de Campeãs da Europa de Corta-Mato para Portugal. Jessica e Inês foram as locomotivas da uma selecção que terminou ainda com Anália Rosa a subir até à 7ª posição e Ana Dulce Félix a fechar a equipa na 17ª posição. Ana Dias que curiosamente participou na primeira edição deste Campeonato da Europa de Corta-Mato, em 1994, foi 23ª e Sara Moreira terminou na 35ª posição.

A grande favorita à partida, a russa Gulnara Galkina-Samitova não ia além da 12ª posição.

Na história do Campeonato da Europa de Corta-Mato, apenas por duas vezes Portugal colocou dois atletas no pódio na mesma corrida, em 1994 com Paulo Guerra (Ouro) e Domingos Castro (Prata) e em 1999 também com Paulo Guerra (ouro) e Eduardo Henriques (Prata).

Depois do azar de Pequim, Jessica termina 2008 com uma merecida medalha de Prata e Inês Monteiro, que durante a semana teve alguns problemas que dificultaram a preparação, junta o Bronze de Bruxelas à Prata e ao Ouro conquistados enquanto Júnior.

Fonte: Atleta-digital

Correr Por Prazer nomeado para blog do ano 2018

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2018 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.
Blogs do Ano - Nomeado Desporto