24 horas solidárias

Autor: Joao Meixedo  /   Agosto 23, 2015  /   Publicado em Notícias, Slider  /   1 Comentário

liga portuguesa contra o cancro nortePara além de serem conhecidos ultramaratonistas, a Carmen, o Ricardo, o Capela, o Fernando, o Pedro e o Caldas têm outra coisa em comum: um enorme coração.

Nos dias 19 e 20 de Setembro, estes atletas irão, por iniciativa própria, correr durante 24 horas na prova Banco BIC – 24 h Portugal, com fins solidários.

Vejamos o que move cada um deles.

Para o Ricardo Bastos as Corridas Solidárias apareceram em 2009 quando num dos seus inúmeros treinos longos e solitários tentava arranjar forma para se motivar e superar de maneira a conseguir vencer três duras ultramaratonas muito próximas no tempo. A fórmula encontrada foi a de doar, a uma instituição da sua terra, 1€ por cada quilómetro corrido. No ano seguinte foi bem mais arrojado e correu de Setúbal até Oliveira de Azeméis. Seguiu-se um desafio de 24 horas a correr num percurso de 600m e a no ano transacto voltou à aventura de correr 24 horas, desta vez integrada na prova 24 h Portugal. Em todas as edições manteve a doação de 1€ por km corrido, tendo-se desde então reflectido em cerca de 15.000€, distribuídos pela Santa Casa Misericórdia, o CAF Pinto de Carvalho, a CERCIAZ, os Bombeiros Voluntários, os Vicentinos e o Guerreiro Mateus. Desde o início que para além do donativo sempre foi ponto de honra do Ricardo divulgar o trabalho e causas de cada uma destas instituições. Nesta 5ª edição o desafio será novamente nas 24h Portugal e a Instituição beneficiada será a Banda de Música de Loureiro. Resta acrescentar, em primeira mão, que o movimento “Corridas Solidárias” está em fase terminal de certificação da marca.

A Carmen Pires, atleta de referência no panorama do trail nacional e presença assídua nos pódios – não raras vezes dois num mesmo fim-de-semana – pretende levar o seu apoio à Associação Vale-cambrense de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente. O seu objectivo é o de “levar um pouco da alegria que me é dada pela corrida a pessoas que por circunstâncias da vida, terão mais dificuldade em sorrir. Quero assim oferecer-lhes o meu sorriso, acompanhado de um donativo, que proporcione à associação uma ajuda nos meios que diariamente lhes oferece.” Para já garante 1€ por cada quilómetro corrido, mas a expectativa é a de que outras pessoas se associem a esta causa, esperando ver esse valor ser várias vezes multiplicado.

O José Capela, terceiro classificado na edição de 2014 da prova Banco BIC – 24 h Portugal, é também já um repetente neste tipo de campanha solidária. Um verdadeiro porta-estandarte da Casa da Criança, de Guimarães, propõe-se correr 175km e lança o desafio a 175 embaixadores para que cada um deles possa adquirir uma pequena estatueta – símbolo da instituição – no valor de 10€, que é a chave para visitar a Casa da Criança, numa jornada guiada por ele próprio. Durante a prova o Capela envergará um t-shirt com o logo da Casa da Criança e onde constarão os nomes dos 175 embaixadores.

O Pedro Machado, por seu lado, entende que a corrida tem contribuído imensamente para o seu crescimento pessoal, e que é chegado o momento de retribuir. A Obra Amici Boni Consilii, em Rio Tinto, necessita de verbas para remodelar o seu espaço, dando assim melhores condições aos meninos que alberga. O conceito que adoptou para ajudar é simples e eficaz, sendo inspirado por outros exemplos: a oferta de um valor por cada km que ele consiga cumprir durante a prova Banco BIC – 24 h Portugal.

O Fernando Ferreira pretende apoiar o grupo Amor-perfeito, que fornece semanalmente uma refeição quente, completa, a cerca de 150 sem-abrigo da cidade do Porto, 30 dos quais são crianças. A finalidade solidária da prova do Fernando é a de angariar os géneros alimentares, pois este grupo de voluntários opta por desenvolver a sua actividade a partir de contribuições não monetárias. Cada pessoa pode escolher uma de quatro opções e inscrever-se com um comentário no post do Amor-perfeito, ficando depois a aguardar pelas 12 horas do dia 20 para saber quantos quilómetros fez o Fernando e o que vai doar.

O francês José Caldas, solidariza-se com a luta contra o cancro, seguindo para isso a já referida fórmula de doação de 1€ por quilómetro percorrido, esperando angariar a simpatia de todos os que se queiram solidarizar e ajudar uma organização europeia de investigação e tratamento do cancro.

Todos os que queiram emprestar a sua solidariedade a este movimento podem recolher informação detalhada acerca dos procedimentos na página do evento (24hportugal.com) ou nas páginas que cada um dos 5 atletas criou para o efeito na rede social facebook. No dia da prova existirá uma tenda, gratuitamente disponibilizada pela organização, para que estes atletas possam dar a conhecer in loco as suas causas.

Importa acrescentar que os próprios organizadores da prova, à semelhança do que aconteceu na edição transacta, não perdem de vista as causas solidárias e fazem reverter a totalidade do montante angariado na caminhada solidária para a Liga Portuguesa Contra o Cancro – Delegação Norte. Em 2014 a quantia recolhida ascendeu aos 1148€ e foi entregue à Operação Nariz Vermelho do IPO.

Ainda estamos todos a tempo de participar, na campanha solidária e na prova.

Artigos relacionados

  • 24 horas a correr apresentadas oficialmente24 horas a correr apresentadas oficialmente Oito países e cerca de 300 atletas estarão a correr em Vale de Cambra a 19 e 20 de setembro. Vale de Cambra prepara-se para receber, nos dias 19 e 20 de setembro, cerca de 300 atletas e milhares de visitantes oriundos […]
  • Banco BIC – 24 h Portugal visto por dentroBanco BIC – 24 h Portugal visto por dentro Toca o despertador. Apesar das pálpebras cerradas vejo com nitidez o filme que começa a passar à frente dos meus olhos. No silêncio de um despertar supostamente rotineiro, emociono-me. No dia anterior, após ter lutado […]
  • Nutrição para provas 24HNutrição para provas 24H A alimentação na endurance é uma eterna aprendizagem. À medida que aumenta a distância que o Homem pode percorrer, as necessidades nutricionais aumentam significativamente mas a sua satisfação torna-se uma tarefa cada […]
  • Portugueses venceram o Banco BIC – 24 h PortugalPortugueses venceram o Banco BIC – 24 h Portugal Decorreu no passado fim-de-semana a segunda edição da corrida de resistência Banco BIC –  24 h Portugal, que juntou, no parque da cidade de Vale de Cambra, três centenas de atletas provenientes de oito países. O […]
  • O que é uma corrida de 24 horas?O que é uma corrida de 24 horas? A 50 dias do evento Banco Bic – 24 h Portugal, em Vale de Cambra, aqui fica uma curta e genérica análise acerca do que constitui a base de uma prova deste género. A corrida de 24 horas é um tipo de ultramaratona em […]
100k Portugal

One Comment

  1. Ricardo Bastos 23 de Agosto de 2015 23:56

    Tenho de arranjar forma de colaborar em todas as outras Campanhas Solidárias que estão em cima da mesa. Falarei com cada um deles para se agilizar qual a melhor forma. O Movimento tem crescido de forma gigantesca…

Publique um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Copyright © 2008-2015 Correr Por Prazer ®. Todos os direitos reservados.